Terror das favoritas, Fernandez derruba Svitolina e vai às semis do US Open 2021
Foto: Darren Carroll/USTA

Após eliminar Naomi Osaka e Angelique Kerber, a #73 Leylah Fernandez, 19 anos, derrubou mais uma grande favorita e avançou às semifinais do US Open 2021. A canadense fez 2 sets a 1 na #5 Elina Svitolina, que vinha de nove vitórias seguidas, nesta terça-feira (7), na quadra central Arthur Ashe.

Fernandez fechou a grande partida em 2h27, com parciais de 6/3, 3/6 e 7/6(5). Este foi o segundo confronto entre as duas, e a primeira vitória da canadense.

Svitolina não fez um grande primeiro set, cometendo 11 erros não-forçados e quatro winners, e não ameaçou o saque de Fernandez. Mesmo assim, a parcial foi decidida no detalhe. A canadense só teve dois break points, no sexto game, e converteu o segundo para conseguir a quebra, que acabou pesando para o seu lado no fim.

Já no segundo set, Svitolina cortou o número de erros não-forçados, aumentou a agressividade e abriu rapidamente 5/1. Fernandez, porém, reagiu e chegou a ter três break points no nono game para fazer 4/5, mas a ucraniana conseguiu um último esforço para empatar o jogo.

Na terceira parcial, Svitolina seguiu agressiva - igualou nos winners (18) e teve três erros não-forçados a menos -, porém Fernandez manteve a compostura e atacou muito o segundo serviço da rival - venceu 9/11 pontos nesta situação. A jovem teve chances de fechar o jogo com mais facilidade. A canadense chegou a sacar para o jogo em 5/3, mas a ucraniana devolveu a quebra e forçou o tiebreak.

No game desempate, Fernandez chegou a abrir 4-1 antes de Svitolina reagir e empatar. A ucraniana teve a chance de fazer 6-5, mas uma bola que bateu na rede acabou ajudando a canadense, que contou com uma devolução para fora na sequência para garantir o maio resultado de sua carreira até agora.

O que vem por aí

Com a vitória sobre Svitolina, Fernandez, que só ganhou um título na carreira até agora, está a um jogo da final em Nova Iorque. A campanha no último Slam do ano já a coloca entre as 40 melhores do mundo pela primeira vez. Nas semifinais, ela terá mais uma pedreira para frente: a vencedora do confronto entre a #2 Aryna Sabalenka e a #9 Barbora Krejcikova.

VAVEL Logo