Pliskova vira contra Zheng e marca encontro com Bia Haddad nas semis em Toronto
Foto: Divulgação/National Bank Open

A #14 Karolina Pliskova garantiu vaga em sua segunda semifinal em 2022 na madrugada deste sábado (12). A tcheca bateu a jovem #51 Qinwen Zheng de virada, parciais de 4/6, 6/4 e 6/4, em 2h36, e está entre as quatro melhores do WTA 1000 de Toronto, no Canadá.

Após alguns meses em busca de ritmo, a ex-número 1 do mundo conseguiu embalar no Canadá. A tcheca, vice-campeã do torneio ano passado, quando foi disputado em Montreal, só havia chegado às semis de um torneio neste ano, no WTA 250 de Strasbourg.

Pliskova chegou a abrir 3/0 no primeiro set, mas Zheng, 19 anos, que vinha de vitórias sobre Jabeur e Andreescu e fez sua melhor campanha em torneio deste nível na carreira, mostrou muita confiança para vencer seis dos últimos sete games e largar na frente.

O mesmo roteiro se repetiu na segunda parcial: Pliskova desperdiçou novamente uma vantagem de 3/0, mas, desta vez, prevaleceu no final. Sacando em 4/4, a tcheca salvou um break point para confirmar o serviço e, na sequência, conseguiu a quebra para empatar a disputa.

A parcial final seguiu com as duas muito firmes no serviço até a reta final, quando Pliskova conseguiu a quebra no oitavo game, mas, sacando para o jogo, cometeu duas duplas faltas consecutivas e não conseguiu fechar. Na sequência, porém, no saque de Zheng, ela conquistou sua quinta quebra na partida e assegurou a vitória.

Brasileira pela frente

Nas semifinais do National Bank Open, Pliskova encara a brasileira #24 Beatriz Haddad Maia, algoz da #1 Swiatek nas oitavas e que vem de vitória sobre a #11 Belinda Bencic. As duas já se enfrentaram duas vezes até hoje, com uma vitória para cada.

VAVEL Logo