Fluminense vence primeiro clássico contra Flamengo na história da Superliga
Foto: Mailson Santana / Fluminense

Nesta terça-feira (14), o Fluminense disputou a sua primeira partida diante do Flamengo na Superliga. Sem complicações, o clube das Laranjeiras venceu por 3 sets a 0 (25/16, 25/14 e 25/15) no Ginásio Hebráica.

Fluminense

Fechando o turno com chave de ouro, o Time de Guerreiras encerrou esta etapa da competição subindo uma posição e ocupando o 6º lugar com 15 pontos. Thaís foi eleita a melhor jogadora do jogo, afinal, foi a atleta que mais pontuou. A ponteira anotou 15 pontos.

Em entrevista exclusiva à VAVEL Brasil, Thaís e treinador Hylmer disseram que esperavam mais deste clássico. Acreditavam um jogo disputado e, além disso, o comandante analisou a próxima partida contra o São Paulo/Barueri.

"Estou muito feliz e honrada em receber este prêmio (Viva Vôlei) depois desde clássico emocionante. Claro que o jogo não foi como o esperado, mas to muito feliz. Eu esperava um jogo clássico, mais difícil e com placar 3 sets a 2. Não um 3 sets a 0 fácil", disse Thaís.

"Não esperava, pois é um jogo histórico dos dois times. Eles ganharam no Carioca, jogando super bem, mas hoje jogamos uma partida muito boa e conseguimos anular os pontos fortes deles. Tivemos uma noite muito feliz. É um time muito forte (próximo adversário), foi campeão do Paulista e tem o técnico da Seleção Brasileira, que dispensa comentários, mas a gente espera aproveitar o fator casa e fazer uma boa partida. A Thaís, assim como o grupo todo, vem em uma crescente. Ela chama atenção porque pontua muito, recebe muitas bolas e está muito bem", dissertou Hylmer.

Flamengo

Já a equipe rubro-negra estagnou-se no 10º lugar com sete pontos. Apenas três pontos separam as cariocas do São Caetano; primeiro time da zona de rabaixamento. Mesmo vencendo não saíria desta posição, mas afastaria time paulista e aproximaria do Curitiba. A próxim partida será contra o Minas em casa.

Também em entrevista exclusiva à VAVEL Brasil, o técnico Alexandre Ferrante exaltou a atuação do Fluminense.

"Não temos como analisar taticamente. Fomos literalmente atropelados pelo time do Fluminense, que vem tendo uma sequência ascendente na competição. Costumo dizer sempre que a longevidade deste processo joga à favor. Eles tem uma boa fase, Fluminense tem uma bela comissão técnica. Sofreram um revés neste início de ano, quando tiramos da final do Estadual. Foi um baque e fizeram um trabalho onde tem que fazer, que é dentro da quadra. Uma equipe que tem qualidade, bem contratada, com atletas e comissão técnica de qualidade. É uma coisa que precisa se reconhecer", exaltou.

Além disto, ainda em conversa conosco, Alexandre pontuou os erros do Flamengo e analisou a situação.

"O Flamengo tem um projeto muito bonito também. Sofre neste momento com a mudança de nível da nossa realidade de Superliga B para série A. Flamengo tem uma tradição e precisa ser honrado na linha do tempo. No jogo de hoje, erramos demais. Viemos com uma proposta tática, que não conseguimos colocar em prática em momento nenhum. Precisamos ter continuidade. Em um jogo deste nível, sofremos sete ou oito aces. Isso é um absurdo! Isso quebra qualquer sequência. Não é normal. Não é usual. O time não teve continuidade. Precisamos fazer uma análise mais minuciosa, depois de uma atuação tão dispare. É realmente muito difícil", analisou.

Visão geral da equipes do Rio de Janeiro

Sesc-RJ, até o momento desta publicação, segue na liderança com 29 pontos. A equipe carioca está sendo seguido de perto pelo Praia Clube, Minas e Osasco. Já o Fluminense está no 6º lugar com apenas três pontos de diferença para o Sesi-SP. O Flamengo foge da zona de rebaixamento e observa a aproximação de São Caetano e Valinhos.

VAVEL Logo