Game of Thrones - 7x01: Dragonstone

O episódio estabelece as posições dos personagens e nos prepara para toda a ação que está por vir. Contém Spoilers!

Game of Thrones - 7x01: Dragonstone
Game of Thrones - 7x01: Dragonstone (foto: Reprodução/HBO)

*Aviso: Contém Spoilers!*

O momento mais aguardado do ano finalmente chegou! O inverno finalmente está aqui.

Pra marcar a entrada dessa nova temporada de Game of Thrones e de um nível muito intenso de complexidade na história, o resultado não poderia ser diferente de um episódio tão excelente.

O episódio começa com o incrível discurso da Arya ao envenenar os homens da Casa Frey. Começar com essa cena é um alerta de como a Arya está mais determinada que nunca no seu objetivo. “The North remembers” and “Winter came for House Frey” fecha essa cena maravilhosa de vingança contra os Frey. Melhor impossível.

No geral, o episódio voltou-se a estabelecer todos os personagens principais nos seus caminhos e propósitos e dar um panorama geral da situação de cada um.

Entretanto, um aspecto bem evidenciado no episódio refere-se à Muralha e aos Caminhantes Brancos. Sabemos que a maior lenda do inverno é, de fato, toda Westeros ser dominada por eles. Essa atmosfera que permeia o Norte teve muito mais evidência no episódio que outro núcleo importante: o da Daenerys. A Muralha foi lembrada em vários momentos do episódio: evidentemente com o Jon, na chegada do Bran, na visão do Cão e nas conversas do Sam com o Arquimestre na Cidadela. Então é um assunto que temos que ficar atentos sobre os próximos acontecimentos e sobre teorias de que a Muralha pode cair.

Uns dos pontos importantes no episódio foram as estipulações dos Lannisters. O diálogo entre o Jaime e a Cersei faz afirmar um aspecto muito importante: eles não têm mais aliados. Sobre essa perspectiva, a Cersei convoca os Greyjoy. Euron Greyjoy chega com todo seu charme e sua frota de navios para demosntrar lealdade aos Lannisters. Foi muito engraçado o humor cítrico do Euron, como um pirata mesmo, provocando e fazendo piadas sobre o Jaime. Mas o questionamento que fica é quem mais se aliará aos Lannisters? Porque mesmo com os Greyjoy, ainda é pouco são poucos aliados.

Um dos pontos também mais comentados nas redes sociais foi a aparição do Ed Sheeran. E eu pessoalmente, achei muito legal. Ele teve uma leve participação no episódio e ainda cantou! Mas muita gente não gostou e tiveram muitos comentários ruins no Twitter sobre, o que na minha opinião foi um exagero a respeito disso. Sobre a cena em que ele aparece, é a Arya conversando com esses soldados Lannisters. A gente observa que ela analisa o cenário e a posição das espadas deles mas no final ela não os mata porque vê que são pessoas comuns, fora de todos as decisões. O mais cômico foi ela afirmando que mataria a Rainha e ninguém acreditando. Isso mostra também que a Arya ainda tem uma “parte boa” no coração, fora todo sentimento de vingança. Essa cena com certeza foi para mostrar isso porque senão não havia muito motivo de estar ali.

Finalmente, o final do episódio mostra a cena em que não se diz nada mas se diz muito ao mesmo tempo. Daenerys finalmente chega a Westeros. Ela chega à Pedra do Dragão. A Pedra do Dragão é o castelo que foi construído como uma fortaleza para os Targaryen mas que estava em posse do Stannis Baratheon. O episódio termina com nossa Khaleesi falando: “Shall we begin?” mostrando que agora que tudo vai acontecer.

Um dos detalhes desse episódio é que o Sam descobriu que em Pedra do Dragão há uma fortaleza de Vidro de Dragão – que mata os White Walkers e que foi requisitado pelo Jon aos nortistas lá no começo do episódio. O que nos faz esperar por alguma ação a respeito disso.

O episódio não teve muita ação, mas os diálogos foram os necessários para iniciar essa temporada. Foi um episódio muito bom e nada menos do que esperar de uma nova temporada. Cumpriu o que devia. Agora, esperemos os próximos bem agasalhados porque Winter is here.

Cinema