Após derrota contra Equador, Óscar Tabárez cobra mais da própria equipe e valoriza atuação do rival

Na noite da última quinta-feira, o Uruguai conheceu a sua primeira derrota nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. Em partida válida pela 3º rodada da competição, os Charruas foram derrotados em Quito por 2 a 1 para o Equador, que é líder do certame com 100% de aproveitamento.

Após o embate, o técnico Óscar Tabárez – que cumpriu seu último jogo de suspensão – comentou sobre a disputa. O treinador valorizou a atuação dos equatorianos e lamentou o fato da sua equipe ter desperdiçado uma boa chance de virar o marcador, quando o cotejo estava empatado, em lance que o chute de Cavani acertou a trave.

“Foi uma partida que lutamos e tratamos de limitar o rival, mas nos ganharam bem. Superou os momentos que criamos problemas e houve uma jogada chave, que foi aquela defesa maravilhosa do goleiro deles, quando ainda estava 1 a 1. Mostraram que estavam tranquilos porque estão em um bom momento, são uma boa equipe e jogavam em casa, e nós sofremos muito”, opinou o comandante.

Indagado sobre a interferência da altitude, Tabárez foi breve. Afirmou que essa questão sempre influencia. No entanto, não a colocou como determinante para o revés uruguaio, afirmando que não é o seu estilo dar este tipo de desculpa.

Por fim, o treinador frisou as falhas defensivas que geraram os gols da partida. Como destaque, salientou o segundo gol do Equador, em jogada em que Martínez, com liberdade, apenas empurrou a bola para as redes após defesa parcial de Muslera.

“Os gols chegaram por erros defensivos evidentes. Mas não sei se no plano cometemos estes erros tão grosseiros, como no segundo gol, quando se deixou um jogador sozinho que ia finalizar. São coisas que não têm explicação lógica. Eu sei que nossa equipe é mais que isto".

Com seis pontos somados, a seleção uruguaia ocupa agora a terceira posição do torneio eliminatório. Na próxima terça-feira (17), a Celeste têm a oportunidade de se recuperar jogando em seus domínios. O adversário é o Chile, segundo colocado e que ontem empatou com a Colômbia. O palco da disputa é o estádio Centenário, em Montevidéu.

VAVEL Logo