Guia VAVEL Copa do Mundo 2018: Croácia
Arte: VAVEL

Guia VAVEL Copa do Mundo 2018: Croácia

Em sua quinta participação em copas, a Croácia conta com o melhor elenco entre as seleções que jamais venceram um mundial para convencer na Rússia

ygor-moreira
Ygor Henriques Moreira

Com uma seleção repleta de bons nomes, que atuam nos melhores clubes da Europa, a Croácia chega ao mundial precisando mostrar muito mais do que apresentou nos últimos anos. Após terminar em segundo em seu grupo nas eliminatórias da UEFA, enfrentou a Grécia na repescagem, sendo superior ao time grego, ficando com a vaga na Copa do Mundo 2018.

No sorteio, caiu no Grupo D, ao lado da favorita Argentina, da estreante Islândia e da tradicional Nigéria.

Expectativa

Após um belo início na última Eurocopa, terminando na liderança em seu grupo, na frente da favorita Espanha, a seleção foi eliminada nas oitavas para Portugal e não conseguiu a vaga direta para a Copa do Mundo 2018, ficando em segundo em seu grupo, atrás da Islândia.

Com os resultados não satisfatórios, a Croácia contratou o técnico Zlatko Dalic, substituindo Ante Cacic. Visando apenas os nomes do plantel, a Croácia virtualmente teria a segunda vaga do grupo na copa, mas o desempenho dos seus grandes jogadores pela seleção nos últimos anos mostra que o cenário é de alerta geral.

Com um time bastante experiente, liderada por Modric, Rakitic e Mandzukic, a Croácia pode ir além, caso eles rendam o esperado, mas o trio estava presente na última copa e o desempenho da seleção foi decepcionante, causando dúvidas nos torcedores.

Em 2018 disputou quatro amistosos em preparação para a copa, com duas derrotas (Brasil e Peru) e duas vitórias (México e Senegal). A Croácia depende apenas dela para ir longe na copa, resta saber se durante a fase de grupos a qualidade da seleção prevalecerá.

Convocados

Dos 23 convocados, apenas dois atuam na Croácia. A seleção leva jogadores experientes e que jogam nas principais competições, além de atuarem em clubes de ponta, nas principais ligas européias. O curioso é que a última participação em copas foi fraca, mas a metade dos atletas que atuaram na Copa do Mundo 2014 estarão na Rússia, são eles: Vrsaljko, Perisic, Corluka, Lovren, Rakitic, Kovacic, Modric, Brozovic, Mandzukic, Badelj, Vida e Subasic.

O técnico Dalic não teve problemas com lesões, mas deixou Marko Rog da Napoli e Duje Cop do Standart Liege de fora, por opção técnica. Ambos foram cortados da lista final e estavam presentes na última EURO 2016.

Goleiros – Dominik Livakovic (Dinamo Zagreb), Lovre Kalinic (Gent) e Danijel Subasic (Monaco)

Defensores – Sime Vrsaljko (Atlético Madrid), Ivan Strinic (Sampdoria), Vedran Corluka (Lokomotiv Moscow), Dejan Lovren (Liverpool), Tin Jedvaj (Bayer Leverkusen), Duje Caleta-Car (Red Bull Salzburg), Domagoj Vida (Besiktas) e Josip Pivaric (Dynamo Kyiv)

Meias – Ivan Rakitic (Barcelona), Mateo Kovacic (Real Madrid), Luka Modric (Real Madrid), Marcelo Brozovic (Inter), Filip Bradaric (Rijeka) e Milan Badelj (Fiorentina)

Atacantes – Ivan Perisic (Inter), Andrej Kramaric (Hoffenheim), Nikola Kalinic (Milan), Mario Mandzukic (Juventus), Ante Rebic (Eintracht Frankfurt) e Marko Pjaca (Schalke 04)

Destaques

Luka Modric

Modric em ação contra o Brasil em Liverpool (Fonte:Getty Images)
Modric em ação contra o Brasil em Liverpool (Foto: Getty Images)

O Camisa 10 do Real Madrid é o capitão da Croácia e atua na seleção desde 2006. Com 106 jogos pela seleção, só está atrás de Darijo Srna e Stipe Pletikosa em número de atuações pela Croácia. Modric marcou 12 gols pela seleção, é um dos melhores meias do futebol e todas as jogadas passam pelos seus pés.

Modric está no melhor momento da carreira e é respeitado por todos em campo, sendo a esperança da seleção. Na Rússia, disputará sua terceira copa e espera marcar pela primeira vez.

Ivan Rakitic

Rakitic no amistoso contra o México, jogo em que marcou o gol da vitória. (Fonte:Getty Images)
Rakitic no amistoso contra o México, jogo em que marcou o gol da vitória (Foto: Getty Images)

Se Modric é a cabeça pensante da Croácia, Ivan Rakitic é o coração do time. O meia tem 90 jogos disputados pela Croácia, com 14 gols e sua polivalência será essencial para ir longe na Rússia em sua segunda presença em copas.

O camisa 4 é intocável no Barcelona e a cada temporada o seu rendimento é melhor. Rakitic é um excelente finalizador, cabeceador, mas assim como Modric, jamais marcou no mundial.

Fique de olho: Andrej Kramaric

Kramaric comemorando seu gol diante da Grécia na repescagem (Fonte:Getty Images)
Kramaric comemorando seu gol diante da Grécia na repescagem (Foto: Getty Images)

O atacante de 26 anos se destacou na reta final das eliminatórias, marcando o gol decisivo contra a Ucrânia, garantindo a vaga para a repescagem contra a Grécia. Na repescagem, Kramaric marcou o quarto gol da Croácia, selando a vaga da seleção no Mundial 2018.

Kramaric é comparado com a lenda Davor Suker, pelo seu estilo de jogo, palavras ditas pelo ex-técnico da Croácia Niko Kovac. O atacante disputou 31 jogos pela Croácia, marcando 9 gols, o último contra Senegal, no amistoso antes da Copa do Mundo. Kramaric atua no Hoffenheim, fez 13 gols na temporada e disputará seu primeiro mundial.

Técnico: Zlatko Dalic

Dalic satisfeito com a vitória diante do México (Fonte:Getty Images)
Dalic satisfeito com a vitória diante do México (Foto: Getty Images)

O técnico de 51 anos foi contratado em Outubro de 2017, após a demissão de Ante Cacic, antes do jogo decisivo contra a Grécia na repescagem. No primeiro teste, venceu o primeiro jogo por 4 x 1 e empatou o segundo por 0 x 0, levando a Croácia para a Copa do Mundo 2018.

Dalic jamais tinha treinado uma seleção, apenas trabalhando em clubes Croatas e no futebol Árabe. Ao ser confirmado como técnico, convidou o ídolo da seleção e ex-jogador Ivica Olic para auxiliá-lo na Copa do Mundo 2018.

Em sete jogos comandando a Croácia, a seleção venceu quatro partidas.

Campanha na última Copa

Modric, Kovacic e Corluka desolados após a eliminação para o México em 2014 (Fonte:Getty Images)
Modric, Kovacic e Corluka desolados após a eliminação para o México em 2014 (Foto: Getty Images)

Após ser ausência na Copa do Mundo 2010, a Croácia voltava a disputar uma edição de copa. A seleção de Niko Kovac caiu no Grupo A, ao lado do anfitrião Brasil, do México e Camarões.

Logo no jogo de abertura, na Arena Corinthians, a Croácia abriu o placar com menos de dez minutos, com gol contra do lateral Marcelo. A seleção segurou o Brasil até o fim do primeiro tempo, quando não conseguiu parar Neymar, que empatou e no segundo tempo virou de pênalti. No fim do jogo, Oscar fechou o placar para o Brasil.

No segundo jogo, contra Camarões, a seleção goleou na Arena da Amazônia por 4 x 0, com destaque para Mandzukic, com dois gols.

No jogo chave contra o México, a Croácia precisava vencer em Recife, mas perdeu por 3 x 1, em um apagão no final do jogo, sofrendo três gols em dez minutos.

A Croácia terminou a copa na décima nona posição, com apenas uma vitória e duas derrotas.

VAVEL Logo