PSG oficializa renovação contratual com Di María: "Muito feliz e importante para mim"
Divulgação/PSG

O Paris Saint-Germain oficializou a extensão do contrato do meia argentino Di María nesta sexta-feira (12). Inicialmente seu contrato duraria até o próximo mês de junho, mas foi prorrogado por mais uma temporada. Agora, o jogador fica até a metade de 2022 com a opção de ampliar a permanência em mais um ano.

Desde 2015, Di María está na equipe parisiense desde 2015. São 248 partidas, com 87 gols e 99 assistências. Em seis anos de clube, são 16 títulos conquistados: quatro Ligue 1, quatro Coupe de la Ligue, quatro Coupe de France e quatro Trophée des Champions. Ao comentar sobre a permanência em Paris, o argentino destacou a felicidade de continuar no PSG por se sentir bem e poder atuar ao lado de grandes craques.

"Em primeiro lugar, estou muito feliz! Estou muito feliz por poder estender essa aventura no Paris Saint-Germain por mais um ano, mais outro opcional. Acho que isso é algo muito importante para mim. Sempre disse que era muito feliz em Paris e minha família também. Minhas filhas amam Paris, sua escola, seus amigos. O meu desejo era, portanto, continuar aqui porque me sinto muito bem neste clube, nesta cidade. Se renovei o meu contrato, é também porque o clube está feliz comigo e também porque o treinador está feliz. Espero ter a chance de poder permanecer na história do clube. Em seis anos, vi jogadores que fizeram história aqui, como Ibrahimovic e Cavani. Agora jogo com Neymar, Mbappé, jogadores que fazem a história deste clube e que querem continuar a fazê-lo, e isso é algo muito importante para mim. Nem todos têm a chance de jogar com os melhores. Desde que estou aqui, tenho e sempre procuro aproveitar”, declarou.

Em meio aos rumores sobre o futuro dos principais astros do Paris Saint-Germain sobre futuras transferências, o meia Verratti concedeu entrevista à RMC Sports e afirmou a tentativa de convencimento de sua parte para que Neymar e Mbappé permaneçam na equipe.

“Tanto o Neymar quanto o Mbappé estão muito felizes aqui. Eles sabem que fazem parte de um grande clube e de um grande projeto. Claro que estou tentando convencê-los a ficar. É normal, estamos mais fortes com eles na equipe. Eu não vou contar tudo, mas conversamos muito. Quando o Neymar teve lesões, como Kylian Mbappé, eu conversei muito com eles. Sinto que eles querem ficar”, falou.

VAVEL Logo