Em partidas com duas viradas, Milan vence Fiorentina e se
consolida na vice-liderança
Divulgação/Milan

O tradicional duelo entre Fiorentina x Milan foi bastante movimentado. Duas das principais equipes do futebol italiano entraram em campo na tarde deste domingo (21), no Estádio Artemio Franchi, em Florença/ITA, pela 28ª rodada da Serie A 2020-21. Dois foram os destaques da partida: as duas viradas durante os 90 minutos e a participação importante de Franck Ribéry e Zlatan Ibrahimović, experientes atletas. Ao fim das contas, o clube rossonero levou a melhor e venceu por 3 a 2.

A partida começou intensa, mas com o Milan melhor no campo de ataque e mais perigoso. A consequência foi praticamente imediata. Aos nove minutos, Kjær fez lançamento pelo alto para Ibrahimović. Completamente livre, o atacante apenas tirou de Drągowski e abriu o marcador. Foi o 15º gol do jogador sueco na atual edição do Campeonato Italiano. Em resposta, a Fiorentina reagiu e partiu ao ataque. Assim como o adversário logo marcou, a Viola teve a mesma recompensa. Em falta cobrada próximo ao bico esquerdo da grande área, Pulgar mandou a bola no ângulo e empatou o jogo aos 17.

Os mandantes quase viraram quando Eysseric cobrou escanteio da esquerda e Pezzella acertou a trave ao desviar com o calcanhar. A disputa permaneceu forte e as duas equipes poderiam ter balançado as redes mais vezes ainda na primeira etapa. O Milan respondeu quando Çalhanoğlu acionou Ibrahimović e o centroavante encobriu Drągowski, mas o travessão impediu o gol. Embora ambos os lados finalizassem, o placar não foi alterado. Aos 41, Drągowski se lesionou e Terracciano entrou.

Logo começou a etapa complementar, veio a primeira virada. Após boa troca de passes no lado direito aos seis minutos, Vlahović recebeu cruzamento na área e ajeitou para Ribéry finalizar de chapa e virar o placar. Como esperado, após a virada dos florentinos, os milaneses partiram ao ataque para estarem inseridos novamente no jogo. Aos 12, Çalhanoğlu cobrou escanteio da direita, Kjær escorou e Brahim Díaz completou ao gol.

Com modificações feitas por Stefano Pioli para buscar a vitória, o Milan apresentou maior volume ofensivo. Ibrahimović quase marca “sem querer”. Um passe de três dedos tomou efeito e foi na direção do gol. Novamente a trave impediu o sueco de marcar pela segunda vez em Florença. Em meio a tanta pressão, veio a segunda e definitiva virada. Após roubo de bola no meio de campo, Kessié recebeu no meio, abriu na esquerda e Çalhanoğlu bateu colocado no canto esquerdo de Terracciano para garantir os três pontos ao clube rossonero. A Viola esboçou reação, pressionou na reta final, mas não conseguiu marcar.

Com o resultado, os Gigliati seguem irregulares no Campeonato Italiano e ocupam a 14ª colocação, com 29 pontos. Por outro lado, os rossoneri seguem na segunda posição com 59 pontos, seis a menos que a arquirrival Internazionale, que tem um jogo a menos. Como a próxima semana será data Fifa, a Serie A voltará a ser disputada apenas no começo de abril e os dois clubes jogam no sábado (3). Às 7h30 da manhã, o Milan recebe a Sampdoria no Estádio San Siro, em Milão/ITA. Por sua vez, a Fiorentina vai medir forças contra o Genoa no Estádio Luigi Ferraris, em Gênova/ITA, às 10 horas.

VAVEL Logo