Com Harry
Kane inspirado, Tottenham goleia Newcastle em casa
Divulgação / Tottenham Hotspur

Neste domingo (03), o Tottenham recebeu o Newcastle, no estádio Tottenham Hotspur Stadium, em Londres. Com cenários diferentes, o Newcastle vinha de duas derrotas no campeonato. O Tottenham, por outro lado, vinha de duas vitórias, e uma crescente na tabela do campeonato.

Primeiro tempo com domínio dos vizitantes

O Tottenham iniciou a partida segurando as suas linhas defensivas. Deixou a bola com o Newcastle, e investia nas transições ofensivas, com Son e Kulusevski, pelos lados. Apesar de ter a posse de bola, os The Magpies, não conseguiam romper as linhas defensivas do dono da casa.

Fixado no 5-4-1, os Spurs, preenchiam o meio-campo e conseguiam fechar os corredores laterais. Com isso, o Neywcastle rodava a bola, mas não conseguia chegar até o gol de Lloris.

Além de deixar a bola com o adversário, o Tottenham utilizou uma saída em 4-1, com Dier se posicionando mais a frente dos zagueiros, e os laterais recuando para auxiliar na construção ofensiva. Esse posicionamento tirava muitos jogadores da parte ofensiva, dificultando a saída de bola.

Com isso, o Newcastle aproveitava e exercia uma pressão na saída de bola. Adiantou seus jogadores, e pressionava os defensores do Tottenham. Obrigando o time da casa a sair jogando com a bola longa.

Até que, aos 39 minutos, Fabian Schär acertou um ótima cobrança de falta e abriu o placar da partida, a favor do Newcastle.

Segundo tempo de Harry Kane

O Tottenham conseguiu o empate, no fim do primeiro tempo. Com o placar igual no intervalo, Antonio Conte teve a possibilidade de mudar algumas movimentações da sua equipe.

Harry Kane, por exemplo, começou a trabalhar mais pelo meio. A sua movimentação começou a ser do ataque para traz. Ou seja, o camisa 10 começou a trabalhar como um armador da equipe, recebendo o passe e distribuindo no ataque.

O gol da virada saiu dos seus, dando assistência para Matt Doherty marcar o gol. Logo depois, mais uma participação importante do atacante. Kane recua, recebe a bola, lança para Kulusevski cruzar e Son marcar o terceiro dos donos da casa.

O Newcastle estava nocauteado. Com 63 de partida, já estava 4 a 1 para os donos da casa. Mesmo a entrada de Bruno Guimarães, na metade do segundo tempo, não foi suficiente para equilibrar a partida.

Ainda houve tempo para mais um gol, agora, com assistência de Lucas Moura para Bergwijn marcar o quinto.

Com uma assistência, três passes decisivos e duas grandes chances criadas, Harry Kane foi o grande nome da partida. Se movimentou, por todo o campo, ajudando na marcação e na construção ofensiva. O atacante do time de Londres, já possui 6 assistências em 2022, sendo o segundo jogador com mais assistências no ano, na Premier League.

VAVEL Logo