Argentina domina Polônia e termina com a liderança do grupo C da Copa
Foto: Divulgação / AFA

Na tarde desta quarta-feira (30), Polônia e Argentina se enfrentaram no estádio de Lusail. O confronto marcou a última rodada do grupo C da Copa do Mundo do Catar, e colocou frente à frente dois times em busca da vaga às oitavas de final da competição. Os argentinos dominaram amplamente a partida, e após um primeiro tempo de chances perdidas, marcaram duas vezes na etapa final, com Mac Allister e Julián Álvarez.

  • Messi perde pênalti

Com grande apoio de seus torcedores e necessidade de vitória, os argentinos tomaram o protagonismo ofensivo da partida. O primeiro arremate direto ao gol foi dele, do craque Lionel Messi, que em chute rasteiro de fora da área obrigou o goleiro à fazer boa intervenção.

Aos 9 minutos, Messi novamente deu trabalho para o goleiro Szczesny. Em chute cruzado o camisa 10 novamente parou em boa defesa do arqueiro polonês.

Com a vantagem do empate para conseguir a classificação, a Polônia apostava em contra-ataques para pegar os adversários de surpresa. Porém, quando tinham a bola nos pés, os europeus encontravam dificuldades em construir sair em velocidade e construir jogadas.

Em meados da primeira etapa os poloneses ainda não haviam dado nenhum chute ao gol de Martínez, enquanto os argentinos levaram perigo em dois remates. 

Aos 37 o lance capital do primeiro tempo. Após bola levantada na área, Szczesny acertou o rosto de Messi, o VAR chamou para revisão e o árbitro assinalou penalidade máxima. Na cobrança do pênalti, porém, Messi parou em grande defesa do goleiro polonês. Assim, desperdiçando a última grande chance do primeiro tempo, que terminou com placar em branco, 0 a 0.

  • Domínio eficaz

Se na etapa inicial os sul-americanos não conseguiram aproveitar as chances, o segundo tempo começou diferente da melhor forma. Di María rolou para passagem de Molina, que foi até a linha de fundo e fez o cruzamento rasteiro para dentro da área. Mac Allister bateu de primeira e abriu o placar para a Argentina.

Atordoada com o golpe, a Polônia não conseguia buscar alternativas para melhorar sua situação no duelo, e enfrentava o dilema de partir para o ataque rumo ao empate ou se segurar para não levar mais gols e acabar perdendo saldo.

Com domínio total das ações, os argentinos encurralaram de vez a seleção polonesa. Aos 22 Julián Álvarez recebeu de Enzo Fernández dentro da área após bela troca de passes, o centroavante dominou e bateu de esquerda, mandando a bola no ângulo de Szczesny e ampliando o placar, que também seria o segundo e último gol da vitória argentina por 2 a 0.

  • Próximos jogos

Com os resultados, tanto Argentina quanto Polônia se classificaram às oitavas de final da Copa do Mundo, os argentinos, como líderes, e os poloneses em segundo pelo saldo de gols (0 contra -1 do México, que bateu a Arábia Saudita na rodada final por 2 a 1).

O próximo desafio da Argentina será contra a Austrália, no sábado (3), às 16h, já a Polônia enfrenta a França no domingo (4), às 12h.

VAVEL Logo