Van Gaal reforça que Holanda treinou pênaltis durante ano, mas lamenta: "Não foi o suficiente"
Foto: Divulgação/KNVB

A Holanda lutou até os últimos minutos, evitou a derrota e buscou o empate em uma majestosa cobrança de falta ensaiada. Weghorst, escolhido por Louis van Gaal, para manter a esperança laranja ao deixar 2 a 2 no tempo normal. Contudo, a Argentina foi melhor nas cobranças de pênalti, contou com duas defesas de Emiliano Martínez e eliminou os holandeses por 4 a 3, no estádio Lusail, pelas oitavas de final da Copa do Mundo

Van Gaal confessou que a seleção treinou pênaltis e até solicitou para os jogadores praticassem em seus clubes.

"Treinamos pênaltis o ano todo e depois as coisas dão errado. Pedi aos jogadores para praticar pênaltis em seus clubes e todos eles o fizeram. Então você perde os dois primeiros pênaltis e não pode mais vencer", e reconhece que treinar não é o suficiente, "mas sim, você também não pode simular. Eu já disse isso em uma coletiva de imprensa. Você pode, no máximo, fazer disso um plus. Infelizmente não foi o suficiente".

Apesar da eliminação, o técnico nunca perdeu um jogo de Mundial. Tanto em 2014, quanto em 2022, ocorreram nas penalidades máximas. Em 12 jogos, foram oito vitórias e quatros empates. Van Gaal pretende rever o jogo, além de prestar atenção no pênalti marcado, mas aprovou o empate no fim.

"Aquele pênalti, todo aquele alongamento. Estou curioso para saber exatamente como foi. De qualquer forma, no final você não perde por causa do árbitro. Na verdade, até conseguimos empatar muito bem".

VAVEL Logo