Holanda reage na reta final, mas Argentina vence nos pênaltis e vai às semis da Copa
Foto: Divulgação/AFA

Argentina e Holanda se enfrentaram em um jogaço nas quartas de finais da Copa do Mundo. O placar terminou em 2 a 2, com gols de Messi e Molina, para os sul-americanos, enquanto Weghorst fez os dois da Holanda, levando para a prorrogação. Nos pênaltis, brilhou a estrela de Emiliano Martínez para pegar dois pênaltis e classificar sua equipe.

Os primeiros 10 minutos de partida foram dominadas pela seleção sul-americana, que chegavam com cruzamentos pelo lado esquerdo com Acuña.

Messi pouco aparecia na partida, quando aos 22 minutos em seu estilo arrancou e tentou chute de chapa no ângulo mas mandou por cima do gol.

Aos 34 minutos, Messi deu uma tacada de sinuca e encontrou Molina dentro da área para apenas tocar na saída de Nopert e abrir o placar para os portenhos.

Holanda  não conseguiu impor sua ideia de jogo que vinha tendo durante a Copa e acabou sofrendo defensivamente dando espaço ao bom setor ofensivo da Argentina.

Para o segundo tempo, a Oranje tinha a obrigação de vir para cima e buscar com tudo o empate para se manter viva na Copa do Mundo.

Buscando mudar a situação do jogo, Koopmeiners Berghuis entraram no lugar de De Roon Bergwijn.

Acuna invadiu a área pelo lado esquerdo, chegou a linha de fundo e acabou sofrendo pênalti de Dumfries. Na cobrança, Messi deslocou o goleiro e ampliou a vantagem deixando os argentinos a um passo da semifinal.

Já aos 38 da segunda etapa, Weghorst marcou um gol de cabeça e recolocou os holandeses no jogo.

Aos 40, De Paul causou uma grande confusão chutando a bola no banco de reservas holandes, resultando em um empurra empurra generalizado.

O milagre acontece

Aos 11 minutos de acréscimos, em jogada clássica de videogame,  Koopmeiners tocou rasteiro novamente para o herói da partida Weghorst finalizar fraco e rasteiro batendo o goleiro Emiliano Martinez e levando a partida para a prorrogação.

Prorrogação

Os primeiros 15 minutos de prorrogação foram de muita correria e pouca técnica, com ambas as equipes cansadas e não conseguindo chances claras de gol.

Lautaro perdeu chance de ouro ao receber livre dentro da área, arriscar finalização de primeira e Van Dijk tirar de peito para escanteio.

El Toro Martinez teve a chance mais uma vez de se tornar herói, mas parou nas mãos de Noppert.

Enzo Fernández recebeu de fora da área e encheu o pé já nos acréscimos da prorrogação e acertou a trave e a decisão se encaminhou para os pênaltis.

Penalidades Máximas

O zagueiro e capitão Van Dijk  foi para a cobrança e bateu mal para grande defesa de Emiliano Martínez.

Messi marcou e deu a vantagem para os argentinos.

Berghuis também perdeu sua cobrança e na sequência Paredes marcou para a Argentina.

O primeiro holândes a converter sua cobrança foi Koopmeiners, Montiel devolveu e cobrou bem mantendo a vantagem.

Weghorst bateu no canto esquerdo e marcou. Enzo Fernández bateu o quarto pênalti e perdeu, recolocando a Holanda no jogo.

De Jong bateu o quinto pênalti e marcou, ficou a decisão para Lautaro Martinez bater o quinto pênalti e classificar os hermanos para a semifinal.

Sequência na Copa

A Argentina agora enfrenta a Croácia, que eliminou o Brasil nas quartas de finais.

VAVEL Logo