Fim da linha: Giampiero Ventura é demitido do comando técnico da Itália

Dirigindo a Azzurra há pouco mais de um ano, veterano treinador vinha sendo muito criticado pelas mudanças de esquema tático e escalações controversas

Fim da linha: Giampiero Ventura é demitido do comando técnico da Itália
Itália de Ventura não conseguiu se classificar à Copa do Mundo da Rússia (Foto: Claudio Villa/Getty Images)

Giampiero Ventura não é mais treinador da Seleção Italiana. O fracasso diante da Suécia na última segunda-feira (13), na disputa pela repescagem europeia para a Copa do Mundo de 2018, foi a gota d'água na curta e controversa passagem do veterano treinador pelo comando da Azzurra. Após reunião na sede da FIGC (Federação Italiana de Futebol, em tradução livre), em Roma, nesta quarta-feira (15), ficou acordada a demissão de Ventura.

"Como primeiro ponto de ordem do dia, o presidente da FIGC, Carlo Tavecchio, comunicou a escolha sobre a orientação da Seleção Italiana, e, a partir de hoje, Giampiero Ventura não é mais o comissário técnico da equipe nacional", informou a entidade.

+ Jorginho é hostilizado por brasileiros no Instagram após vexame da Itália

Ventura assumiu a Seleção Italiana em 2016, após a saída de Antonio Conte. A mudança de comando técnico, logo após a queda nas quartas de final da Eurocopa daquele ano, era vista com bons olhos pelos italianos, mas não trouxe os resultados esperados.

Apesar do bom começo nas Eliminatórias, a derrota por 3 a 0 ante à Espanha tirou a Itália dos trilhos. A classificação à Copa do Mundo da Rússia foi ficando mais distante a cada rodada, e o futebol apresentado foi decaindo a cada partida.

+ Campeão mundial em 2006, Buffon é o último titular da geração vitoriosa a deixar Azzurra

As inúmeras mudanças de esquemas táticos promovidas por Ventura, além de escalações questionáveis e barrações inexplicáveis, já colocavam o experiente treinador em uma corda bamba antes mesmo do duelo diante da Suécia.

Tradicionalíssima, a tetracampeã mundial não ficava de fora de um Mundial desde o ano de 1958. A Itália é a única campeã que não estará na Rússia em 2018.

Ancelotti na mira da FIGC

Segundo a Sky Sports Italia, Carlo Ancelotti é o nome mais cotado no momento para assumir o comando técnico da Itália. O técnico, de 58 anos, está livre no mercado. Ele foi demitido do Bayern de Munique em setembro. Ancelotti avisou recentemente que pretende voltar à ativa apenas na próxima temporada de clubes.