Fluminense: o carrasco dos rebaixamentos rivais em Campeonatos Brasileiros
Fluminense: o carrasco dos rebaixamentos rivais em Campeonatos Brasileiros

Em um campeonatos tão importante quanto o Brasileiro, o maior temor dos clubes é a possível queda para a Série B. No próximo domingo (11), o Fluminense recebe o desesperado Internacional, que luta de forma árdua contra o rebaixamento há algumas rodadas. Além de depender de resultados de concorrentes diretos, o Colorado precisa vencer o rival Tricolor fora de casa, fato que não ocorre desde maio. Mas, o que poucos sabem, é que o Tricolor Carioca já teve papel direto no rebaixamento de outros clubes na fórmula dos pontos corridos. E, a VAVEL relembra alguns destes episódios.

2007: Fluminense rebaixa o Juventude

No Maracanã, o Fluminense se despediu de sua casa em 2007 já pensando na Copa Libertadores que jogaria no ano seguinte. Um pequeno conforto para os Tricolores, campeão da Copa do Brasil, mas, para o rival Juventude, pesadelo. Com a vitória por 3 a 2, o Tricolor Carioca rebaixou o time gaúcho para a Série B do Campeonato Brasileiro. Com dois gols de Arouca e um de Cícero, no final do jogo, o Flu pôs fim às esperanças da equipe de Caxias do Sul de permanecer na primeira divisão após treze anos.

2009: Fluminense rebaixa Coritiba

O ano de 2009 é, talvez, um dos anos mais emblemáticos da história do Fluminense e mais lembrado pela torcida. O Tricolor Carioca, que chegou a ter 99% de chance de ser rebaixado, lutava contra a degola, assim como o Coritiba. A última partida do Campeonato Brasileiro foi disputada num Couto Pereira extremamente lotado. No fim, em um duelo onde as duas equipes brigavam contra o temido rebaixamento, a festa foi tricolor. O Fluminense arracnou um empate por 1 a 1 (gols de Pereira para o Coxa, e Marquinho para o Flu), e garantiu a permanência na elite em 2010 após uma invencibilidade de 11 jogos nas últimas rodadas (sete vitórias e quatro empates). O resultado, acabou rebaixando o alviverde paranaense no ano de seu centenário e o jogo foi marcado por brigas intensas no gramado do Couto Pereira após o apito final, causando inúmeras punições ao Coritiba..

2012: Fluminense é tetra e complica vida do Palmeiras

Na 35ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2012, o estádio de Presidente Prudente sediou uma partida marcada pela oposição. O visitante Fluminense, de um lado, precisava apenas de uma combinação de resultados para se sagrar campeão. Já o mandante Palmeiras, lutava com bravura contra o rebaixamento.

Como esperado, o jogo foi movimentado e com muitos gols. O Tricolor venceu o alviverde por 3 a 2 com gols dois gols de Fred e um contra, de Maurício Ramos. Alegria de um lado, tristeza de outro. Com o resultado, o alviverde ficou à beira do rebaixamento, sendo concretizado na rodada seguinte, diante do Flamengo, em um empate por 1 a 1.

2013: Fluminense se complica, mas rebaixa Ponte Preta

Diferente do ano anterior, em 2013, o Fluminense brigava na parte de baixo da tabela, contra o rebaixamento. Diante de um Maracanã lotado, o Tricolor recebeu o Atlético Mineiro, de Diego Tardelli, que apenas cumpria tabela e estava focado no Mundial de Clubes que disputaria em dezembro.

O empate foi péssimo para os cariocas e o 2 a 2 levou o Flu à zona de rebaixamento. No entanto, o placar rebaixou matematicamente a Ponte Preta, com 36 pontos ganhos, que, mesmo se vencesse todos os jogos restantes, não teria condições de escapar.

2015: Flu perde para Figueirense e rebaixa o Vasco

Diante de um ano marcado pela rivalidade e discussões entre os mandatários Peter Siemsen e Eurico Miranda, as equipes tiveram mais do que os dois confrontos comuns no Campeonato Brasileiro. O Vasco brigava contra mais um rebaixamento, e viu sua situação piorar diante do próprio Fluminense, ao se enfrentarem no segundo turno, no Engenhão, e perder por 1 a 0 com gol de Gerson. Todavia, novamente, o destino cruzmaltino estaria nas mãos do Tricolor.

Na última rodada daquele Campeonato Brasileiro, além de ter que vencer de seu rival, o Coritiba, o Vasco precisava que o Figueirense não vencesse seu duelo contra o Fluminense. Mediante à possibilidade de rebaixar o rival, a torcida tricolor se mobilizou nas redes sociais pedindo que os jogadores entregassem para o Figueira, fato veementemente negado por jogadores e comissão técnica.

No entanto, para azar do Vasco, não o que aconteceu. O Fluminense, até levou perigo ao gol alvinegro, mas foi vencido por 1 a 0, no Orlando Scarpelli, gol marcado por Marcão. Tal resultado já rebaixaria o Vasco independente do resultado que conquistasse contra o Coritiba.

2016: será a vez do Internacional?

Com o histórico de carrasco dos clubes que brigam contra o rebaixamento, o Fluminense enfrenta novamente a situação de poder rebaixar um rival. Desta vez, o Internacional. A partida será realizada em Edson Passos, neste domingo (11), às 17h, horário de Brasília.

VAVEL Logo