Ainda sem Aguirre, São Paulo decide classificação diante do CRB na Copa do Brasil

Garantido nas quartas do Campeonato Paulista, Tricolor volta suas atenções para uma das competições mais importantes da temporada

Ainda sem Aguirre, São Paulo decide classificação diante do CRB na Copa do Brasil
Foto: Paulo Pinto / saopaulofc.net
CRB
São Paulo
CRB: João Carlos; Ayrton, Flávio Boaventura, Anderson Conceição, Diego; Feijão, Serginho, Edson Ratinho, Wilians Santana; Juninho Potiguar, Neto Baiano.
São Paulo: Jean; Militão, Arboleda, Rodrigo Caio, Edimar; Petros, Hudson; Marcos Guilherme, Cueva, Valdívia; Brenner (Tréllez).
ÁRBITRO: Marcelo de Lima Henrique.
INCIDENCIAS: Partida de volta da terceira fase da Copa do Brasil 2018. Realizada no Estádio Rei Pelé, em Maceió, Alagoas.

Sem seu novo comandante no banco de reservas, o São Paulo encara mais uma 'final' neste primeiro semestre de sua temporada. Em Maceió, a equipe enfrenta, nesta quarta-feira (14), o CRB pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil, no Estádio Rei Pelé. No confronto de ida no Morumbi, Valdívia e Militão garantiram a vantagem são-paulina na vitória por 2 a 0.

Classificado para a próxima fase do Campeonato Alagoano, o CRB inicia uma semana plenamente decisiva. Além de decidir sua vida na Copa do Brasil diante do São Paulo, o jogo de ida das semifinais do estadual acontece já no próximo final de semana. O Galo visita o Coruripe neste domingo (18) às 16h no Gérson Amaral. Expulso na Copa do Nordeste contra o Santa Cruz, Flávio Boaventura retorna a equipe titular do CRB para encarar o Tricolor Paulista.

+ Jardine cita orientações de Aguirre e demonstra confiança no São Paulo

No último duelo realizado entre as equipes em Maceió, deu CRB: 2 a 1 pela segunda fase da Copa do Brasil de 2014

Quase três décadas depois, São Paulo e Diego Aguirre novamente estão juntos. O ex-atacante foi apresentado na última segunda-feira (12) como novo técnico do Tricolor, substituindo Dorival Júnior, demitido na última semana. Confiante, o uruguaio, que terá André Jardine como auxiliar, chegou citando a possibilidade de reforços, e deve surpreender já na escalação desta quarta em Alagoas. Uma das maiores discussões envolvendo o Tricolor, Aguirre foi firme ao citar que quer Diego Souza como centroavante em sua equipe. Aguardando ainda uma documentação para ficar a frente do clube, Aguirre não comandará o elenco são-paulino em Maceió. André Jardine novamente será o treinador da equipe.

+ Convocado por Tite, Rodrigo Caio deve perder boa parte do mata-mata do Campeonato Paulista

Após empate com Santa, Mazola tranquiliza e projeta duelo com o São Paulo

Não começou muito bem a semana de decisões do Galo para esta temporada. Pelo Nordestão, o CRB apenas empatou no último final de semana com uma equipe alternativa do Santa Cruz, mas o comandante Mazola tratou de minimizar o placar: "Às vezes não estamos encaixando um bom futebol e existem vários motivos. Vamos fazer uma geral no Brasil: com os times que estão com esse calendário, quem está jogando bem? Está tudo dentro da normalidade na temporada do CRB", disse o técnico.

Boa sequência: o CRB não perde há três partidas na temporada

O treinador ainda tratou de defender seu elenco ressaltando os bons resultados da equipe neste semestre: "Estamos em primeiro no Alagoano, praticamente classificado no Nordestão, ultrapassamos a meta da terceira fase da Copa do Brasil... Acho que não tem motivo para cobrança. Todos os objetivos cumpridos", concluiu.

+Valdívia comenta sobre bom momento e se mostra otimista com Aguirre

Visando 'competitividade', Aguirre é apresentado no São Paulo

Poucos dias após a demissão de Dorival Júnior, o São Paulo anunciou no início desta semana Diego Aguirre como novo comandante do clube. O uruguaio possui uma passagem pelo Tricolor de sua época de atleta, na década de 90, e retorna para tentar alavancar a confiança do elenco são-paulino: "É fundamental mostrar competitividade, atitude e determinação total para ganhar os jogos. Isso é a primeira coisa que temos de dar ao time. Depois as coisas do futebol, jogo e tática, funcionamento, vamos fazer dentro do campo em cada treino. Mas a primeira mensagem ao torcedor é que se sinta representado pelo time que entra em campo. Um time como o São Paulo tem que ganhar, assumir a pressão", disse Aguirre.

No Brasil, Aguirre trabalhou por Internacional e Atlético-MG

Aguirre concluiu falando também sobre a possibilidade de novos jogadores reforçarem o clube: "Tenho e vou aproveitar ao máximo os jogadores que temos. Vamos transmitir confiança para mostrar no campo o nível que tem. Há conversas que são internas. Não está fechada a possibilidade de algum jogador vir, mas isso agora não é a prioridade", finalizou.