"Eu quero é ganhar jogo", diz Roberto Fernandes após classificação do Náutico
(Foto:Léo Lemos/Náutico)

Após vitória do Náutico diante do Afogados, na tarde deste domingo (18) na Arena de Pernambuco, o técnico Roberto Fernandes novamente rasgou elogios ao grupo. Treinador foi questionado sobre a dificuldade que sua equipe tem quando precisa propor o jogo. Roberto, no entanto, não vê isso como uma limitação mas como uma característica.

"Eu não estou nem aí pra propor jogo, eu quero é ganhar jogo. Só com resultado você tem sequência de trabalho no Brasil. Esse grupo começou do zero, nós temos o menor orçamento da história do Náutico nos últimos 15 ou 20 anos. Eu tenho um time operário e meu time não é um time de propor jogo", disse. Comandante alvirrubro ainda lembrou das partidas onde a equipe foi mais reativa e teve boas atuações.

(Foto: Divulgação/Náutico)

"O meu time, ele vai ser guerreiro. Um exemplo disso é que se nós pegarmos as melhores partidas do Náutico na temporada, é exatamente contra os outros times que são favoritos. Daqui pra frente a tendência é que a gente encontre mais essas equipes, e por isso que eu tenho uma confiança muito grande que esse grupo vai brigar por tudo que a gente tiver pela frente em relação aos objetivos que são propostos na temporada", enfatizou.

Técnico alvirrubro também comentou o sorteio dos adversários da Copa do Brasil, e admitiu querer um duelo onde sua equipe possa executar seu estilo de jogo.

"Estou louco que venha uma equipe da Série A entre as 12 melhores do país. É assim que a gente joga os melhores jogos. Independente de qualquer circunstância, não quer dizer que o Náutico vá classificar. Assim o favoritismo está no outro lado", comentou o treinador, surpreendendo os presentes na sala de imprensa. 

"Se cai o Ferroviário-CE todo mundo vai ver como obrigação do Náutico classificar. Esquece que o Ferroviário-CE eliminou uma equipe de Série A e eliminou uma equipe de Série B, sendo uma equipe sem série. Então esse tipo de jogo tem nos causado muito mais problemas do que quando o favoritismo é absoluto do lado de lá", concluiu.

Roberto aproveitou a oportunidade, de novo, para mostrar sua confiança no grupo, destacando as conquistas de seus atletas.

"Eu vou exaltar sempre a característica de jogo e está aí o Náutico já na sua segunda melhor campanha da história na Copa do Brasil. Terminados líder do campeonato estadual, estamos na semifinal e não ganhamos nada, mas estamos chegando. Cada vez vai afunilando a competição, outras equipes vão ficando pra trás e o Náutico, dentro de suas características, vai também alcançando seus objetivos".

O Timbu entra em campo nesta quinta-feira (22) frente ao Botafogo-PB, na Arena de Pernambuco, pela Copa do Nordeste. A partida acontecerá às 21h15 e uma vitória alvirrubra é primordial para o Náutico seguir vivo na competição.

 

VAVEL Logo