Recordar é viver: Botafogo vence Flamengo e conquista Campeonato Carioca de 2010

Em um jogo histórico, com direito a pênalti desperdiçado e gol de cavadinha, alvinegro se consagra campeão regional

Recordar é viver: Botafogo vence Flamengo e conquista Campeonato Carioca de 2010
(Foto: AGIF / BFR)
Botafogo
2 1
Flamengo

No ano de 2010, Botafogo e Flamengo disputaram a final da Taça Rio, em um Maracanã com mais de 70 mil pessoas. Vindo do título da Taça Guanabara, o glorioso conquistaria o Carioca em caso de vitória. Comandada pela dupla sul-americana, Loco Abreu e Herrera, a equipe alvinegra tinha pela frente um fortíssimo Flamengo, com Bruno e Petkovic, além do inesquecível "Império do Amor", composto pelos atacantes Vágner Love e Adriano

Naquela ocasião, as equipes entraram em campo desta forma:

Botafogo: Jefferson, Antônio Carlos, Fahel e Fábio Ferreira; Alessandro, Leandro Guerreiro, Túlio Souza (Caio), Renato Cajá (Édno) e Somália; Herrera e Loco Abreu. Técnico: Joel Santana. 

Flamengo:  Bruno, Leonardo Moura (Petkovic), David, Ronaldo Angelim e Rodrigo Alvim; Toró (Vinícius Pacheco), Willians, Maldonado e Michael (Fierro); Vágner Love e Adriano. Técnico: Andrade.

Em um jogo memorável para os torcedores, com direito a três pênaltis assinalados e duas expulsões, o Botafogo venceu por 2 a 1 e sagrou-se campeão carioca de 2010. Relembre a grande partida junto da VAVEL Brasil

O jogo 

Apesar do rubro-negro ser o atual campeão brasileiro, a partida começava sem favoritos. Em um ótimo momento, o Botafogo buscava as iniciativas, principalmente com o argentino Herrera, que incomodava a zaga do Flamengo sempre que possível. Após falta sofrida pelo atacante, Renato Cajá bateu e obrigou Bruno a fazer uma boa defesa. Na cobrança do escanteio, Fábio Ferreira foi derrubado na área e o pênalti foi marcado para o alvinegro. Herrera chutou no meio do gol e abriu o placar. 

A partir daí, o Flamengo cresceu no jogo e equilibrou as ações. Aos 45 minutos do primeiro tempo veio o empate. Adriano desviou a bola e David cabeceou para espalmada de Jefferson. Porém, a bola sobrou para Vagner Love, que empurrou para as redes. 

O segundo tempo começou com as equipes controlando mais o jogo e sem a ação que caracterizou a etapa inicial. Depois de bolas alçadas na área sem muita efetividade, o lance decisivo veio aos 25 minutos. Em cobrança de falta, Maldonado fez outro pênalti em Herrera. Loco Abreu assumiu a responsabilidade e foi para a cobrança. Foi então que a marca registrada do uruguaio entrou em ação. O jogador deu uma cavadinha e a bola, com muito capricho, desviou de leve na trave e entrou, para desolação do goleiro Bruno

A torcida do Botafogo já fazia festa, mas as emoções estavam longe de acabar. Aos 32 minutos, Fahel cometeu pênalti em Ronaldo Angelim e deu a chance de empate para o Flamengo. Herrera discutiu com o árbitro e acabou sendo expulso, deixando ambas as equipes com 10 em campo. Adriano, um dos maiores atacantes do mundo, foi para a batida. Neste momento, surgiu o herói da partida. Jefferson, ídolo alvinegro, se esticou e defendeu a cobrança no canto esquerdo.  O Botafogo quase marcou o terceiro após chute de Fahel, em um lance onde os jogadores do glorioso pediram mais um pênalti. Aos 43, o rubro-negro teve uma falta muito perigosa cobrada por Petkovic, com direito a Bruno se aventurando no ataque. A bola bateu na barreira e, na sobra, Vinicius Pacheco chutou cruzado para nova intervenção de Jefferson. No rebote, Rodrigo Alvim finalizou com força e Somália evitou o gol de empate. Nos acréscimos, Vagner Love tentou pela última vez, mas Jefferson estava lá para garantir a vitória. Botafogo campeão da Taça Rio e do Campeonato Carioca de 2010.

Vale ressaltar que o time da estrela solitária quebrou um tabu que perdurou por 12 anos. A última equipe que havia sido campeã vencendo os dois turnos foi o Vasco, em 1998.