Ricardo Oliveira marca duas vezes e Atlético-MG bate Santos no Independência
Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo

Ricardo Oliveira marca duas vezes e Atlético-MG bate Santos no Independência

Galo desponta no G-4 enquanto que equipe praiana escapa da zona do rebaixamento

cahribeirob
Carolina Ribeiro
Atlético-MGVictor; Emerson, Leonardo Silva, Iago Maidana e Hulk; José Welison, Elias (Matheus Galdezani, aos 44' do 2ºT) e Nathan (Luan, aos 15’ do 2ºT); Yimmi Chará, Ricardo Oliveira e Tomás Andrade (Cazares, no intervalo) Técnico: Thiago Larghi
SantosVanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Lucas Veríssimo e Dodô; Alison (Yuri Alberto, aos 31’ do 2ºT), Diego Pituca e Jean Mota (Léo Cittadini, aos 16’ do 2ºT); Rodrygo, Gabigol e Bruno Henrique (Copete, aos 16’ do 2ºT)
PlacarVanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Lucas Veríssimo e Dodô; Alison (Yuri Alberto, aos 31’ do 2ºT), Diego Pituca e Jean Mota (Léo Cittadini, aos 16’ do 2ºT); Rodrygo, Gabigol e Bruno Henrique (Copete, aos 16’ do 2ºT)

Confirmando a 'lei do ex', o Atlético-MG bateu o Santos no Estádio Independência, com dois gols de Ricardo Oliveira, ex-jogador da equipe santista, os outros gols foram de Elias, para a equipe do Galo e um de Gabriel, para o lado alvinegro. A partida, realizada na manhã deste domingo (12) de dia dos pais faz parte da 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O resultado deixa o Peixe fora da zona de rebaixamento por enquanto, na 16ª colocação com 18 pontos, situação completamente diferente do Galo, que está na quarta colocação com 30 pontos.

Pelo Brasileirão, o próximo confronto das equipes são no próximo final de semana, o Santos enfrenta o Sport, no sábado (18), na Vila Belmiro, às 16h, e o Atlético-MG enfrenta o Botafogo no Nilton Santos, no mesmo horário, porém no domingo (19).

Primeiro tempo equilibrado

Com grande público no Estádio Independência, o Atlético abriu o placar aos 7 minutos de jogo com Elias, em um belo chute de fora da área. O Peixe, após o gol, ficou mais ligado na partida e fortaleceu a marcação, criando boas jogadas e conseguindo empatar a partida aos 26 minutos depois de um vacilo da zaga atleticana.

“Lei do Ex” resolve a partida

Na etapa complementar, o jogo estava equilibrado, mas Ricardo Oliveira resolveu deixar sua marca na partida. Aos 25 minutos, após Rodrygo perder a bola no meio de campo, em jogada aérea de Cazares, o centroavante cabeceou sem chances de defesa para o goleiro Vanderlei, desempatando a partida.

O Peixe seguiu com dificuldades para conseguir ir para cima da equipe atleticana, tentou utilizar jogadas de bola parada, mas não surtiu efeitos. Aos 49 minutos, Ricardo Oliveira cara a cara com Vanderlei após lançamento, matou a partida fechando o placar por 3 a 1 para o Galo.

VAVEL Logo

Atlético MG Notícias

há 5 dias
há 7 dias
há 10 dias
há 10 dias
há 13 dias
há 14 dias
há 15 dias
há 19 dias
há 21 dias
há 22 dias
há 23 dias