Sem pontuar no segundo turno, Botafogo busca se reabilitar diante do Fortaleza
Foto: Divulgação/Botafogo

Após uma semana conturbada para o futebol brasileiro, o Botafogo vai até o nordeste enfrentar o Fortaleza, pela 22ª rodada do Brasileirão. As equipes irão medir forças na Arena Castelão, nesta segunda-feira (30), às 20h (de Brasília). Ainda sem pontuar no segundo turno da competição, ambos os times chegam  ao confronto precisando de uma vitória para se reencontrar na disputa, e manter-se afastados da zona de rebaixamento.

Com apenas um triunfo nos últimos cinco jogos, o time de Eduardo Barroca não vive um bom momento no torneio. Porém, para tentar deixar a má fase pra trás, o clube contará com os retornos de Fernando e Luiz Fernando, que cumpriram suspensão contra o Bahia. Já o tricolor, terá a volta do comandante Rogério Ceni para a sequência da temporada. O ex-goleiro havia deixado o clube em agosto deste ano para dirigir o Cruzeiro, mas devido a atritos com o elenco e ao começo de trabalho ruim em Belo Horizonte, não resistiu muito tempo no cargo e foi repatriado pelo Leão.

Botafogo e a meta de Barroca

O treinador da equipe alvinegra traçou um objetivo: conquistar treze pontos nas primeiras nove rodadas do returno. Isso faz parte do planejamento organizado por Barroca, que dividiu o Campeonato Brasileiro do clube em quatro ciclos. O terceiro estágio dessa divisão teve início na abertura da segunda metade do competição, contra o São Paulo, no Nilton Santos. Os resultados negativos diante dos paulistas e dos baianos dificultaram os planos do técnico, que vai precisar de um aproveitamento superior a 60% para atingir essa meta.

Entretanto, o retrospecto do Glorioso contra o Fortaleza traz esperança para os torcedores. Na história do confronto, os times já se encontraram em 13 oportunidades, com 10 vitórias para o Botafogo, e apenas uma derrota.

Além de uma tradição de êxitos contra os donos da casa, o Alvinegro também vai contar com a volta de Fernando e Luiz Fernando. Já o lateral esquerdo Gilson vai cumprir suspensão por ter sido expulso na partida passada, dando espaço para o jovem Lucas Barros receber outra chance entre os titulares. O zagueiro Joel Carli e o meia Alex Santana ainda não se recuperaram de lesão e seguem como desfalques.

Provável Escalação do Botafogo: Gatito; Fernando, Marcelo, Gabriel, Lucas Barros; Cícero, Bochecha, João Paulo; Marcinho, Luiz Fernando, Diego Souza.

Fortaleza e o retorno de Ceni

Com o regresso do treinador Rogério Ceni ao clube, o Fortaleza vai em busca de sua recuperação na temporada. A equipe, que foi a sensação da Série B no ano passado, vem passando por dificuldades na elite do futebol brasileiro em 2019. Principalmente após o dia 11 de agosto – data em que Ceni deixou o time. No período em que esteve sob o comando de Zé Ricardo, o Tricolor do Pici conquistou somente uma vitória em sete jogos disputados.

Ao que tudo indica, Rogério deve mudar a formação do time, e voltar a utilizar o 4-2-4, esquema mais frequente de sua primeira passagem pelo clube. O goleiro Felipe Alves segue se recuperando de lesão sofrida na coxa esquerda, na partida contra o Palmeiras, e continua entregue ao departamento médico. Com isso, Marcelo Boeck vai continuar responsável pela meta do Leão.

Provável escalação do Fortaleza: Marcelo Boeck; Carlinhos, Quintero, Jackson e Tinga; Felipe, Juninho, e Osvaldo; Romarinho, Felipe Pires e Wellington Paulista

VAVEL Logo