Com boas campanhas nos estaduais, Ponte Preta e América-MG iniciam busca pelo acesso
(Foto: Mourão Panda / América)

Ponte Preta e América-MG dão o pontapé inicial na Série B do Campeonato Brasileiro neste sábado (8), às 21h. O jogo, inicialmente marcado para o Estádio Moisés Lucarelli, será realizado no Estádio Canindé, em São Paulo, devido ao plano de flexibilização da cidade de Campinas, que está na fase laranja, e não pode receber eventos esportivos.

As equipes entram em campo pela Série B após terem sido eliminadas nas semifinais dos campeonatos estaduais, para Palmeiras e Atlético-MG, respectivamente.

As equipes se enfrentaram em 21 oportunidades, sendo nove vitórias da Macaca, sete empates e cinco vitórias do Coelho. O time do interior paulista marcou 24 gols, e o time mineiro marcou 19 vezes.

Com time de reforços, Ponte quer manter o ímpeto

A Ponte Preta terminou a primeira fase na segunda colocação do Grupo A do Campeonato Paulista, com 13 pontos, quatro vitórias, um empate e sete derrotas. De quase rebaixada à semifinalista, o jogo virou para a Macaca na reta final do Paulistão, já nas quartas, ao vencer o Santos de virada por 3 a 1, na Vila Belmiro, e se classificar à semifinal. Mas, foi eliminada pelo Palmeiras por 1 a 0, e se despediu do torneio.

Para o duelo diante do Coelho, o técnico João Brigatti ganhou onze reforços: os zagueiros Luizão e Rayan, o lateral-esquerdo Ernandes, os volantes Neto Moura e Luis Oyama, os meias Camilo e Luan Dias, o meia-atacante Osman e os atacantes Moisés, Zé Roberto e Matheus Peixoto.

Em contrapartida, a Macaca teve quatro baixas confirmadas. O zagueiro Henrique Trevisan retornou ao Estoril, de Portugal; o lateral-direito Jeferson foi emprestado ao Botafogo-SP, e o atacante Roger assinou rescisão contratual nesta quinta-feira.

Escalação da Ponte Preta: Ivan, Apodi, Rayan, Luizão e Ernandes; Luis Oyama, Dawhan (Neto Moura), João Paulo e Camilo; Bruno Rodrigues e Zé Roberto.

Desfalcado, América-MG projeta início com o pé direito

O América, por sua vez, teve a segunda melhor campanha do Campeonato Mineiro na primeira fase, com 25 pontos, único invicto nesta fase do torneio, com sete vitórias e quatro empates. Classificado às quartas, o Coelho enfrentou o rival Atlético, perdeu o primeiro jogo por 2 a 1, e o segundo jogo por 3 a 0, e deu adeus à competição.

O Coelho começa sua trajetória na Série B com uma dualidade de sentimentos: o início ruim no campeonato passado e a recuperação surpreendente da reta final, que levou ao quase acesso. Lisca terá a missão de levar o América-MG de volta à elite. O Coelho estreia fora de casa na segunda divisão do torneio nacional pela 13ª vez.

Lisca Doido tem problemas para escalar a equipe americana, principalmente, em um setor que vinha chamando atenção no início da temporada: o ataque. O atacante Rodolfo, artilheiro do time, está fora devido a um estiramento no ligamento do joelho direito. Nesta sexta-feira (7), o vice-artilheiro, o atacante Ademir teve constatada uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda. Para a posição, Lisca tem as opções de Léo Passos e Vitão.

Escalação do América-MG: Airton; Leandro Silva, Messias, Eduardo Bauermann e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho e Alê; Matheusinho, Felipe Augusto e Vitão (Léo Passos).

Arbitragem

Apita, Denis da Silva Ribeiro Serafim, auxiliado por Maxwell Rocha Silva e Ruan Luiz de Barros Silva. Trio de Alagoas.

VAVEL Logo