Flamengo joga mal e sucumbe diante do Ceará
Foto: Divulgação / Ceará

Depois de boas atuações e quatro vitórias seguidas (contra Santos, Bahia, Fortaleza e Fluminense), o Flamengo não apresentou um bom futebol diante do Ceará, na Arena Castelão, e perdeu por 2 a 0, pelo Campeonato Brasileiro, desperdiçando a chance de encostar no Internacional, líder da competição. Sem criatividade e com o time muito modificado, seguindo o tradicional rodízio do técnico Domènec Torrent, o Rubro-Negro até controlou a partida, mas pecou nas finalizações. Os gols do jogo foram de Luiz Otávio e Charles.

No início do primeiro tempo, os cariocas não perderam tempo e já se postaram no campo de ataque adversário. O Ceará, utilizando um esquema recuado e apostando nos contra-golpes, esperou as ações do atual campeão brasileiro para criar as chances. Mesmo com 63% de posse, o Flamengo, apesar de girar bem a bola, não conseguia envolver o Vozão, bem compactado no setor defensivo.

O retrato da etapa inicial se traduziu nas finalizações. Vinicius, na única boa chance trabalhada pelos cearenses, teve ótima oportunidade de marcar após cruzamento da direita, mas a cabeçada saiu fraca e César, recuperado da covid-19, defendeu sem dificuldades. Pelo lado do Rubro-Negro, Gabigol foi o mais perigoso, com quatro chutes para fora e um nas mãos de Fernando Prass, também sem força.

Mudança de cenário no segundo tempo

Na volta do intervalo, o panorama se modificou. Mais agressivo na partida, o Ceará mudou de postura e se aventurou no ataque. A pressão surtiu efeito: aos 4 minutos, depois de escanteio bem batido pela esquerda, Luiz Otávio subiu sozinho e cabeceou para abrir o placar no Castelão. Atordoado e perdido no sistema defensivo, o Flamengo começou a dar mais espaços. Aproveitando um deles, Charles infiltrou na área e, aos 10, ampliou o marcador em bonito chute.

Nulo na frente, o time de Domènec murchou após sofrer os dois gols e não conseguiu mais criar boas chances para reverter o resultado. Mesmo com a entrada de Diego na vaga de Arão, para ajudar no meio-campo, e Pedro no lugar de Michael, para povoar a área adversária, o Rubro-Negro seguiu tímido na parte ofensiva e deu pouco trabalho ao Ceará, que fez boa partida.

Como ficam?

Agora, o Flamengo precisará virar a chave e voltar as atenções para a Libertadores, que retorna nesta semana após a paralisação por conta da pandemia do novo coronavírus. Os cariocas viajarão até Quito, no Equador, para enfrentar o Independiente del Valle, na quinta-feira, às 21h, pela 3ª rodada do Grupo A. O confronto vale a liderança da chave.

Já o Ceará, que se recuperou de duas derrotas consecutivas, também terá de deixar o Brasileirão de lado, já que irá encarar o Brusque-SC, fora de casa, na próxima quarta-feira, às 21h30, pelo jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil.

VAVEL Logo