Com pênalti polêmico, América-MG arranca empate com Corinthians e avança na Copa do Brasil
Foto: Mourão Panda/América

América-MG e Corinthians ficaram no empate em 1 a 1, nesta quarta-feira (4), no Independência, pelo jogo de volta das oitavas da Copa do Brasil. O Coelho tinha a vantagem, por ter vencido o jogo de ida, por 1 a 0.  Mas foi o Timão quem saiu na frente, após um pênalti cobrado por Fagner. Mas o Coelho arrancou o empate, também de pênalti, que foi cobrado por Ronaldo

Estratégias

Sem Alê, Léo Passos e Rodolfo, o técnico Lisca montou o America-MG no esquema 4-3-3 com: Matheus Cavichioli no gol; Paulo, Anderson, Messias e Ferreira na defesa; Geovane, Ricardo e Juninho no meio; Azevedo, Vitão e Ademir no ataque.

Por outro lado, Vagner Mancini montou o Corinthians no esquema 4-4-2 com: Cássio no gol; Piton, Gil, Marlon e Fagner na defesa; Ederson, Xavier, Ramiro e Vital(de falso nove) no meio; Cazares e Davó no ataque.

América pressiona, mas placar segue zerado

América-MG começou o jogo mostrando que não ficaria com uma postura reativa e tomou conta das primeiras ações. O Corinthians tinha posse de bola, mas não tinha criatividade. Já o Coelho tinha um jogo mais vertical e enfileirou finalizações.

O Timão seguia errando passes e tendo dificuldades para se aproximar da área. Como não conseguia encontrar espaços e teve de recorrer às bolas longas. 

O Alvinegro também teve uma chance de perigo aos 30 minutos, em uma cobrança de escanteio, que Marlon cabeceou para o gol e Matheus defendeu. Dois minutos depois. Cazares com dores no posterior da coxa esquerda, saiu para a entrada de Everaldo.

Aos 37, em um contra-ataque, Diego Ferreira cruzou rasteiro, a bola passou por todos, e Ramiro cortou para fora. Quase Juninho alcançava e abriu o placar para o Coelho, no Estádio Independência.

Um pênalti para cada lado

Logo após o intervalo, a partida ficou quente. E logo aos cinco minutos uma confusão entre Everaldo e Diego Ferreira, por conta da cobrança de um lateral deixou os dois amarelados.

Aos nove minutos, o Corinthians pressionou o Coelho. Mateus Vital fez uma boa jogada pela esquerda, cruzou fechado e Matheus Cavichioli espalmou para fora. Na cobrança de escanteio, Anderson Jesus afastou o perigo.

No minuto seguinte, Davó invadiu a área, Anderson Jesus deu carrinho e, inicialmente deu tiro de meta, mas após ir na cabine do VAR confirmou o pênalti para o Timão. Na cobrança, Fagner cobrou no canto esquerdo e deslocou o goleiro colocando o Alvinegro na frente.

Mesmo em desvantagem, o América-MG seguiu pressionando e até chegou a empatar, com Ademir. Mas a arbitragem marcou posição de impedimento e anulou.

Já nos minutos finais, quando tudo se encaminhava para a vitória corintiana. O árbitro Wagner do Nascimento Magalhães viu toque de mão de Lucas Piton, que estava de costas no lance e marcou pênalti para o América-MG. Na cobrança, Rodolfo encheu o pé, Cássio até caiu no canto certo, tocou na bola, mas ela bateu na trave e entrou. O pênalti foi bastante questionado pelos corintianos.

Com o empate, o Coelho se classificava e teve de se segurar até os minutos finais da partida. Por outro lado, o Timão até teve chances, mas de nada adiantou.

E agora?

O empate classificou o Coelho, já que ele venceu o jogo de ida por 1 a 0, na Arena Corinthians. Agora os comandados de Lisca aguardam o sorteio na sexta-feira (6), para conhecer o seu adversário nas quartas de final da Copa do Brasil.

O Corinthians volta a campo no sábado (7), onde enfrenta o Atlético-GO, no Estádio Olímpico, às 21h (de Brasília), pela 20ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Já o América-MG recebe a Ponte Preta, no mesmo dia, às 18h30 (de Brasília), pela Série B.

VAVEL Logo