Polêmica, sete gols e dois cartões vermelhos: Flamengo derrota Bahia no Rio
Personagens do jogo, Pedro e Vitinho (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Num jogo polêmico de sete gols e dois cartões vermelhos, o Flamengo bateu o Bahia por 4 a 3, no Maracanã, em jogo válido pela 26ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, nesse domingo (20).

Em entrevista concedida ao Premiere no fim da partida, Gérson acusou o atacante Juan Ramírez, autor de um dos gols do Bahia, de injúria racial. O técnico Mano Menezes também foi alvo de protestos do volante flamenguista.

Com o resultado, o Flamengo, que tem um jogo a menos em relação ao São Paulo, segue firme na briga pelo título. O time chegou aos 48 pontos e tomou a vice-liderança do Atlético-MG. O Bahia, por sua vez, é o primeiro fora da zona do rebaixamento, com 28 pontos. A equipe acumulou a 5ª derrota consecutiva.

Jogo quente

O jogo no Maracanã foi quente em todos os sentidos. Logo aos quatros minutos, o Flamengo já estava na frente, com um golaço anotado por Bruno Henrique. Cinco minutos depois, o atacante Gabigol recebeu cartão vermelho direto, por reclamação.

Bem superior, o Rubro-Negro aproveitou a defesa frágil do Tricolor e ampliou com o lateral Isla, em jogada de contragolpe.

O Bahia atacava, mas não conseguia obter êxito nas vezes em que chegava. Tentando aproveitar a vantagem numérica de jogadores, Mano Menezes lançou mais um atacante no jogo: Gabriel Novaes. E a estratégia funcionou, tendo a equipe retornado no 2° tempo mais pilhada e agressiva.

Destaque e acusado de racismo, Juan Ramírez diminuiu para o Tricolor aos cinco minutos. O Flamengo parecia desligado no jogo e observando o adversário jogar. O empate veio cinco minutos depois, em outro golaço na partida, agora com Gilberto. E o mesmo virou três minutos depois, de cabeça, em cobrança de escanteio.

Devido à pouca qualidade ofensiva, o técnico Rogério Ceni promoveu as entradas dos atacantes Pedro e Vitinho, que fizeram gols aos 36 e 44 minutos, respectivamente, e garantiram a vitória Rubro-Negra. Por reclamação, o meia Daniel, do Bahia, ainda foi expulso aos 46 minutos.

As mexidas realizadas por Rogério Ceni surtiram bastante efeito e provaram a força do elenco flamenguista. Mesmo o conjunto estando mal taticamente e psicologicamente, o brilhantismo fez valer a pena. Vale ressaltar o passe de letra dado por Pedro no gol da virada de Vitinho.

Ao final da partida, a vitória foi bastante comemorada pelos jogadores e comissão técnica que só disputam, atualmente, o Campeonato Brasileiro.

Próximos compromissos

O Flamengo volta a jogar, agora, no dia 26 dezembro, às 19h (de Brasília), com o Fortaleza, no Castelão. Já o Bahia joga um dia depois, com o Internacional, às 16h, na Arena Fonte Nova, pelo Brasileirão.

VAVEL Logo