Bahia empata com Independiente e se complica na Sul-Americana
Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

Bahia e Independiente empataram em 2 a 2 na noite desta terça-feira, em Pituaçu, pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana. O resultado deixa o Tricolor de Aço em situação delicada na competição e não depende mais de si mesmo para chegar às oitavas de final. Já o Rei de Copas segue invicto e se aproxima da classificação para a segunda fase. Thaciano e Luiz Otávio marcaram os gols do Esquadrão. Jonathan Herrera e  Velasco fizeram para a equipe argentina.

Como fica?

O Independiente é líder do Grupo B com sete pontos. Na próxima terça-feira, o time argentino visita o City Torque no Estádio Parque Alfredo Victor Viera, em Montevidéu. Em caso de vitória, o Rei de Copas pode garantir a vaga nas oitavas de finais da competição.

O Tricolor de Aço se mantém na vice-liderança e soma cinco pontos. Pela Copa-Sul Americana, a equipe brasileira volta a campo na próxima quarta-feira, às 19h15, contra o Guabirá, fora de casa, em Montero-BOL. Antes disso, no sábado, o Bahia decide a Copa do Nordeste contra o Ceará, na Arena Castelão.

Vantagem argentina

Não demorou nada para o Bahia mostrar a que veio. No primeiro minuto, Rodriguinho cobrou escanteio e Conti cabeceou para Sosa espalmar. Daniel aproveitou a sobra, contudo mandou por cima. O Independiente equilibrou o jogo e respondeu com Togni, que recebeu na área, mas bateu em cima de Matheus Teixeira. Depois, Lucas Romero, em chute de longe, assustou o goleiro Tricolor.

O Esquadrão ainda assustou a equipe visitante por duas vezes com Gilberto, mas as finalizações do centroavante pararam em Sosa. No fim da primeira etapa, Luiz Otávio derrubou Velasco na área e o árbitro marcou pênalti. Jonathan Herrera cobrou com perfeição e abriu o placar para a equipe argentina.

Pênalti desperdiçado e tudo igual

O segundo tempo começou agitadíssimo. Renan Guedes cometeu pênalti em Velasco. Ele mesmo cobrou e ampliou a vantagem do Independiente. O Bahia deu o troco: Rodriguinho bateu de fora da área e acertou a trave. Thaciano aproveitou o rebote e empurrou para as redes.

Pressionado e em desvantagem, o Bahia partiu para cima em busca do empate. Com o campo encharcado, a bola aérea foi o caminho. Alesson cobrou escanteio e Luiz Otávio subiu para cabecear e deixar tudo igual. Logo depois, veio a chance da virada. Maycon Douglas foi derrubado por Sosa na área e o árbitro marcou o pênalti. Gilberto cobrou, e o goleiro argentino defendeu.

VAVEL Logo