CSA vence Bahia, continua invicto na temporada e assume
liderança provisória do Grupo B
Augusto Oliveira/CSA

O CSA permanece imparável. Diante de um adversário qualificado como o Bahia, a equipe alagoana freou a empolgação tricolor após a goleada no último fim de semana sobre o Sport e construiu um resultado importantíssimo na sequência da temporada. Em jogo disputado na noite dessa terça-feira (23), realizado no Estádio Rei Pelé, o Trapichão, em Maceió/AL, e válido pela quinta rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste 2021, o Azulão do Mutange fez valer o mando de campo e venceu por 2 a 0, com gols marcados por Dellatorre e Marco Túlio.

Augusto Oliveira/CSA
Augusto Oliveira/CSA

O técnico Mozart Santos voltou a escalar seus comandados debaixo do esquema tático usado costumeiramente (4-3-3), enquanto Dado Cavalcanti optou pela repetição do time que goleou o Sport, até pelo intervalo curto entre os dois confrontos. A pressão inicial na saída de bola azulina durou pouco. Aos poucos, o CSA começou a atacar, controlar bem a bola e acertar os passes. A primeira boa chance veio aos cinco minutos, quando Gabriel arriscou de fora da área e a bola tirou tinta da trave. O Bahia não tinha a mesma pegada do fim de semana e a defesa apresentou problemas. Repetidas vezes, a posse de bola era perdida ainda no campo defensivo.

A noite não foi nada boa para o goleiro Douglas Friedrich. Aos 28 minutos, Cristovam cobrou falta na esquerda com cruzamento na área. O arqueiro tricolor falhou no encaixe e a bola sobrou para Dellatorre finalizar com o gol aberto, na pequena área. Foi o oitavo gol do centroavante em oito partidas disputadas, artilheiro isolado do Nordestão com quatro tentos. A resposta baiana foi bastante perigosa com Patrick de Lucca, mas o chute no bico direito da pequena área saiu à esquerda de Thiago Rodrigues. A intensidade azulina se refletiu aos 35 minutos pelo oportunismo nas finalizações. Rodrigo Pimpão aproveitou erro na saída de jogo para iniciar jogada no ataque e Dellatorre foi acionado na área. A furada virou passe entre os dois zagueiros. Completamente livre, Marco Túlio chutou de primeira e Douglas aceitou. E o terceiro quase veio, mas o cabeceio de Lucão passou a centímetros do travessão.

Para dar mais velocidade e buscar a reação, Dado Cavalcanti promoveu as entradas de Ramon e Rossi. Como habitual, os comandados de Mozart vieram mais cautelosos, com prioridade em fortalecer a marcação e ampliar a vantagem nos contra-ataques. O Bahia começou a gostar do jogo, teve o controle da bola no campo ofensivo e abusava dos cruzamentos, mas não conseguia levar perigo ao gol defendido por Thiago Rodrigues. Quando as alterações ocorreram na equipe azulina para aumentar o combate, veio a grande chance tricolor. Gilberto recebeu passe na área e sofreu falta cometida por Lucão. A arbitragem marcou pênalti aos 27 minutos. Dois minutos depois, Rodriguinho cobrou e acertou o travessão. Nino Paraíba pegou o rebote e cruzou na segunda trave. Matheus Bahia ajeitou para Gilberto finalizar errado. Na reta final, os donos da casa ficaram mais encurralados na defesa e evidenciaram a excelente atuação da equipe como um todo.

Com a vitória, o Azulão se manteve invicto na temporada nas competições disputadas pela equipe profissional. Em nove jogos válidos pelo Campeonato Alagoano, Copa do Brasil e Nordestão, foram cinco vitórias e quatro empates. Na competição regional, assumiu a liderança provisória do Grupo B, com nove pontos somados. Por outro lado, o Bahia segue na primeira colocação do Grupo A, com sete pontos. As duas equipes aguardam o desenrolar da rodada para saber se seguem ou não no primeiro lugar.

Felipe Oliveira/Bahia
Felipe Oliveira/Bahia

Os times entram em campo no próximo fim de semana. O CSA terá clássico contra o ASA às 17 horas do sábado (27) no Estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca/AL, pela quinta rodada do Campeonato Alagoano. Por sua vez, o Bahia vai enfrentar o Altos às 16 horas do domingo (28), no Estádio Metropolitano Governador Roberto Santos, o Pituaçu, em Salvador/BA, pela sexta e antepenúltima rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste.

Ficha técnica CSA 2-0 Bahia

Estádio Rei Pelé, o Trapichão, em Maceió/AL – Copa do Nordeste 2021, rodada #5

CSA – Thiago Rodrigues; Cristovam, Lucão, Rodolfo Filemon e Vítor Costa (Fabrício, min. 87); Geovane, Silas (Marquinhos, min. 63) e Gabriel (Iury Castilho, min. 63); Rodrigo Pimpão (Ítalo Melo, min. 70), Dellatorre e Marco Túlio (Silvinho, min. 70). Técnico: Mozart Santos.

Bahia – Douglas Friedrich; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Matheus Bahia (Juninho Capixaba, min. 81); Patrick de Lucca (Alesson, min. 81), Edson (Ramon, min. 46) e Daniel; Rodriguinho, Gilberto e Gabriel Novaes (Rossi, min. 46). Técnico: Dado Cavalcanti.

Gols – Dellatorre (min. 28), Marco Túlio (min. 35)

Arbitragem – Zandick Gondim Alves Júnior (CBF/RN), auxiliado por Reinaldo de Souza Moura (CBF/RN) e por Luís Carlos de França Costa (CBF/RN), com José Jaini Oliveira Bispo (CBF/AL) como quarto árbitro

Cartões amarelos – Gabriel (min. 32), Vítor Costa (min. 45), Patrick de Lucca (min. 48), Thiago Rodrigues (min. 64), Gilberto (min. 74), Ramon (min. 76) e Gustavo Scalese (preparador de goleiros CSA, min. 90+2)

VAVEL Logo