Grêmio vira sobre Chapecoense e conquista primeira vitória em casa no Brasileirão
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

A fase segue ruim, mas o Grêmio, ao menos, respira no Campeonato Brasileiro 2021. Nesta segunda-feira (9), jogando na Arena Grêmio, os gaúchos venceram, de virada, a Chapecoense por 2 a 1. A peleja foi válida pela 15ª rodada do torneio.

Todas as estatísticas foram dominadas pelos mandantes, jogando no 4-2-3-1 de Luiz Felipe Scolari: 54% de posse de bola e vinte finalizações (contra seis dos adversários) - sendo três certas. No 4-4-2 de Pintado, a Chapecoense acertou dois chutes em direção ao gol.

Virada e alívio

Logo nos primeiros segundos de jogo, o estreante Miguel Borja recebeu cruzamento de Alisson, mas não conseguiu finalizar - na cobrança de escanteio, o próprio centroavante quase marcou de cabeça. Quem saiu na frente, entretanto, foi a Chapecoense: Gabriel Busanello cruzou da esquerda e Anselmo Ramon finalizou para a rede - o camisa nove quase dobrou a vantagem catarinense, mas Gabriel Chapecó fez grande defesa; antes, Geuvânio finalizou na trave direita. 

O Tricolor Imortal voltou a crescer aos doze minutos: Alisson aproveita rebote de Borja e a redonda passou à esquerda da meta catarinense. O empate veio aos dezessete: Darlan serviu Alisson, que chutou no canto direito de João Paulo.

A virada veio aos 29: Borja foi derrubado após contato com Kadu na área e ele mesmo cobrou o pênalti no canto direito. Aos 35, Derlan impediu nova finalização do colombiano. Com 39, Pedro Geromel cabeceou na área e a redonda beijou o travessão; segundos depois, Vanderson cruzou da direita e Borja cabeceou alto demais. 

Aos quatro minutos da segunda etapa, Douglas Costa caiu após choque com Derlan na entrada da área e o árbitro marcou pênalti - instantes depois, Marcelo de Lima Henrique corrigiu a própria marcação com auxílio do VAR e anotou a falta no lado esquerdo; na cobrança, Jean Pyerre cobrou na barreira. Aos onze, Anderson Leite tentou de calcanhar e reclamou de mão na bola de Pedro Geromel na área, mas não foi atendido. Com dezoito, Vanderson cruzou e Borja cabeceou alto demais.

A vida da Chape seguiu complicada. Aos 35, Maicon acionou Luiz Fernando de cabeça e ele não conseguiu dominar; dois minutos depois, foi Léo Pereira quem perdeu boa chance - ele, aos 41, ainda aplicou boa sequência de fintas, mas nada de chegar à meta do Verdão do Oeste.

Próximos jogos

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro 2021, o Grêmio viaja para enfrentar o São Paulo, no próximo sábado (14), às 21h, dois dias antes da Chapecoense receber o América-MG, às 20h.

Standings provided by SofaScore LiveScore
VAVEL Logo