Avaí vence, cola no G-4 e impõe quarta derrota seguida ao Náutico na Série B
Foto: Divulgação/Brasileirão Série B

O Avaí venceu o Náutico pelo placar de 2 a 0 neste sábado (14) pela 18ª rodada da Série B do Brasileirão 2021 e colou no G-4. Na Ressacada, os gols saíram no segundo tempo, com Yago (contra) e João Lucas. Os visitantes jogaram a maior parte da etapa final com um a menos, porque Bryan foi expulso.  

Grandes objetivos em disputa no confronto. Para o Leão da Ilha, a vitória valia a aproximação no desejado G-4, uma vez que o Sampaio Corrêa tinha os mesmos 30 pontos que o time catarinense teria com o resultado positivo, saltando da nona posição. Para isso, precisava superar a derrota nos acréscimos na rodada anterior, por 1 a 0 contra o Guarani na mesma Ressacada.

Já para o Timbu, os três pontos da noite renderiam nada menos que o retorno à liderança do campeonato, lugar em que a equipe pernambucana esteve por 14 rodadas. Pularia, assim, da quinta colocação para deixar todos os clubes atrás na tabela, incluindo o então líder Coritiba. Os visitantes também tinham que reagir após derrota no último jogo (2 a 0 para o Sampaio) para alcançarem o topo. E mais que isso: superar três resultados negativos seguidos e o número de apenas uma vitória nas últimas sete partidas.

Equipes pecam em criatividade e finalização

A primeira etapa do duelo não correspondeu às expectativas geradas pela importância da vitória para os dois times. Até iniciou animada, corrida, com os jogadores demonstrando bastante disposição e movimentação. Mas os minutos seguintes não mantiveram o mesmo nível. Logo com 30 segundos, um chute fraco do Náutico de longe e Glédson agarrou sem susto.

Enquanto o Timbu procurava ocupar o campo de ataque, o Avaí não demorou a buscar o contra-ataque.

Porém os dois times começaram a apresentar dificuldades de criação e de converter o ânimo em finalizações. Também pelo fato de as bolas alçadas na área não estarem encaixando, mas sim sempre encontrando algum defensor para tirar. Além disso, o jogo passou a ser interrompido por um número excessivo de faltas no meio. Aos 22 minutos, Bruno Silva apareceu na área adversária para tentar a assistência para Getúlio, que vinha de trás, mas o camisa 99 bateu fraco e fora da direção do gol.

Aos 29, Vinícius arriscou de fora da área, e Glédson foi no canto para encaixar. Em resposta, cinco minutos depois, Serrato chegou na linha de fundo pela esquerda, entrou na área e tentou o cruzamento para algum companheiro à frente do gol, mas Alex Alves interceptou. Na sequência, o Leão da Ilha ainda conseguiu outra chegada pelo corredor esquerdo. Já aos 43, Jean Carlos arrancou em contra-ataque pela esquerda, invadiu a área, tentou o passe para Vinícius na pequena área, porém Serrato foi cirúrgico para desviar antes.

Leão da Ilha volta superior e garante importante vitória

Na volta do intervalo, um outro mandante. Antes do primeiro minuto do segundo tempo, Alex Alves precisou encontrar uma linda defesa de mão trocada, em chute forte de Vinícius Leite, que havia acabado de entrar pelo Avaí. A equipe catarinense retornou mais ligada na marcação e no setor ofensivo.

Do outro lado, o Náutico seguiu priorizando levantamento na área e não levando vantagem. Como se não bastasse, aos seis minutos, Bryan levou o segundo cartão amarelo e foi expulso, deixando o time pernambucano com um a menos.

E, apenas três minutos depois, o Leão soube aproveitar, em lance confuso. Cruzamento da direita para a segunda trave, Alex Alves saiu mal do gol, não achou a bola, Vinícius Leite mandou para o gol, e o zagueiro Yago acabou empurrando para dentro em gol contra.

Serrato chegou a sair comemorando como se tivesse tocado na bola por último, mas o jogador adversário foi quem o fez. Em seguida, aos 11, Vinícius Leite bateu forte da esquerda, Alex Alves conseguiu desviar, e a bola explodiu no travessão. O time da casa continuou melhor, buscando o segundo gol.

Enquanto isso, o Timbu não conseguiu melhorar seu desempenho, que já havia sido abaixo ofensivamente nos 45 minutos iniciais. Somente aos 23, os pernambucanos voltaram ao ataque, a chegar na área adversária. Mas faltaram construção e capacidade de finalização até os últimos minutos. Já com 41, Vinícius Leite, participando de mais um lance ofensivo, recebeu da direita em jogada em velocidade e finalizou rasteiro, porém Alex Alves salvou mais uma vez.

Na sequência, quase o empate do Náutico na melhor chance do time na segunda etapa, com Iago recebendo na área após tabela e concluindo de primeira para fora, perto da trave. Contudo, aos 46, João Lucas, que também entrou no segundo tempo, fechou o placar com um golaço, puxando da esquerda para o meio e colocando no ângulo de Alex Alves, que nada pôde fazer. Fim de papo: 2 a 0 Avaí.

Classificação e próximos compromissos

Com a vitória necessária em casa, o Avaí ultrapassou o próprio Náutico e pulou para a quinta colocação, com os mesmos 30 pontos do time pernambucano, que desceu para sexto lugar. A equipe catarinense leva vantagem por um gol a mais no saldo.

O próximo compromisso do Leão da Ilha é fora de casa contra o Sampaio Corrêa na terça-feira (17) às 21h30. Já o Timbu volta a campo também na terça-feira (17) às 19h, quando recebe o Cruzeiro.  

VAVEL Logo