Tite segura palavrão, menospreza números e fala de vitória do Brasil contra a Colômbia
Foto: Divulgação / CBF

O Brasil segue como o único país a disputar todas as edições do Mundial de Seleções. Nesta quinta-feira (11), a seleção venceu a Colômbia, por 1 a 0, na Neo Química Arena, em jogo válido pela 12ª rodada das Eliminatórias da América do Sul para a Copa do Mundo 2022, e garantiu vaga para o Qatar. Após a peleja, Tite, treinador da equipe, falou sobre a peleja e sobre a sensação de garantir o time, mais uma vez, em uma Copa do Mundo.

No primeiro tempo, o treinador da Seleção Brasileira pontuou que a equipe teve dificuldades. "A Colômbia fez um tripé no meio-campo, fechou o lado do Neymar e colocou intensidade de marcação para restringir os espaços. Como tínhamos desse mesmo lado Paquetá como articulador, tínhamos posse de bola, mas não tínhamos infiltração e finalização mais contundentes", comentou, após a peleja das Eliminatórias da CONMEBOL para a Copa do Mundo 2022.

Para o treinador, entretanto, o segundo tempo, com a experiência de Alex Sandro e Danilo, ambos laterais da Juventus, trouxe mais mobilidade tática para a equipe. "Como fecharam o lado do Neymar, trouxemos o Paquetá para dentro e colocamos um lateral aberto de lado para criar mais espaços e gerar dificuldade ao adversário. Com amplitude do Raphinha e do Vinícius, um entrelinhas, o Paquetá, um construção ofensiva, Neymar, e Gabriel Jesus na frente, o jogo mudou", comentou o técnico.

No 4-3-3 de Tite, o Brasil levou a melhor em todas as estatísticas da partida: 63% da posse de bola, dezesseis finalizações (contra cinco dos adversários) - sendo seis certos. Também no 4-3-3 e comandada por Reinaldo Rueda, a Colômbia acertou apenas um chute em direção ao gol.

Aspectos anímicos

Sobre a sensação de colocar a Seleção Canarinho na Copa do Mundo 2022, o treinador brincou. "Ter solidez, criação e gol. E vitória. Isso é excelência. Criação e fazer gol, solidez defensiva e vitória. É isso que nos move. Temos que chegar o mais próximo disso possível. Eu não posso falar o palavrão que eu estava com vontade de falar", riu.

O profissional também chegou a uma marca importante à frente da equipe: contra a Seleção Colombiana, Tite chegou a 50 vitórias à frente do Brasil - em 67 pelejas. Sobre a estatística, ele minimizou a importância da mesma. "Eu não sou muito afeito a números. Claro que ele é legal, que o reconhecimento é bom. Mas eu falo isso de coração. A minha maior alegria é dividir alegria. Quando eu olho para a comissão técnica, o pessoal que trabalha no dia a dia, é impagável", finalizou o técnico.

Standings provided by SofaScore LiveScore

 

Na 14ª rodada das Eliminatórias da CONMEBOL para a Copa do Mundo 2022, o Brasil viaja para enfrentar a Argentina, na próxima terça-feira (16), em San Juan, às 20h30 (Horário de Brasília)

VAVEL Logo