Náutico perde para Ibrachina e fica em segundo do grupo 30 na Copinha
Foto: Beatriz Castello Bracno/CNC

Nesta terça-feira (11), o Náutico perdeu para o Ibrachina, rival pela liderança no grupo 30 da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Os gols na partida na Ibrachina Arena foram marcados por Samuel e Ruan, ambos na primeira etapa.

Ibrachina abre vantagem

A partida começou tranquila, sem tanta faísca, mas com as equipes buscando o gol. Nos primeiros minutos, Ibrachina agrediu bastante a defesa do Náutico, forçando os visitantes ficar mais retraídos. Os pontas saindo em velocidade e buscando a linha de fundo e fazer o cruzamento pra dentro da área.

O Timbu tentava buscar seus jogadores de ponta, para fazer as jogadas e dar prosseguimento no ataque, mas com pouco sucesso. O gramado bastante molhado e a chuva forte, tem dificultado as chances do clube pernambucano.

Aos 16 da primeira etapa, em contra-ataque - que é a arma mais letal do clube - pela ponta direita, em cruzamento cortado pela defesa, a bola sobrou no pé de Samuel que bateu de primeira pro fundo das redes, abrindo o placar para os donos da casa.

O Náutico parecia atordoado após o gol sofrido. Com a pressão adversária, não conseguem criar e nem sair trocando passes. A missão de chegar ao campo de ataque com a bola é frustrada constantemente.

O Timbu vinha melhor na partida, mas aos 31, em mais um contra-ataque em velocidade, Ruan recebeu nas costas da defesa pernambucana e saiu dentro da área, livre de marcação. O atacante levou pra perna direita e bateu cruzado, marcando o segundo dos donos da casa na partida.

Náutico não consegue reação 

A segunda etapa voltou com o Náutico mais eufórico e o Ibrachina fazendo a marcação, colocando pressão. Diferentemente da metade final do primeiro tempo, onde o Náutico tinha o campo e conseguia trabalhar a bola, nesse início de segundo tempo muita pressão pelo Ibra para conseguir o contra-ataque já no campo adversário.

Em cruzamento feito pela ponta direita e falha bizarra na defesa do Náutico pra fazer o corte, Samuel sozinho pegou de frente pro goleiro e isolou por cima do gol. Na sequência mais uma oportunidade no contra-ataque para os donos da casa, mas na hora de concluir a jogada, a bola fica nas mãos do goleiro pernambucano.

Aos 19 da etapa final, em triangulação da ponta direita pro meio, Samuel entrou dentro da área pela direita na batida pro gol, a bola vai pela linha de fundo à esquerda da trave. Na sequência, em ataque veloz pela ponta esquerda e cruzamento na área, Cainã faz grande defesa na cabeçada do adversário e no rebote, outra bela defesa.

Em grande jogada pelo Timbu, vindo do centro e atacando pela ponta esquerda, na base da insistência a bola sobra na ponta direita com o atacante pernambucano. Na tentativa da batida cruzada, a bola sai à direita do goleiro.

Náutico martelou, martelou, mas não saiu do zero. As chances criadas não foram aproveitadas e chegando nos minutos finais o desgaste já era nítido. Com o placar a favor, o Ibra apenas esperava as chances de contra-ataque para tentar matar o jogo.

Chances massacradas

Mais cedo teve a partida entre Serranense-MG e Inter de Limeira, abrindo a última rodada do grupo. O clube mineiro precisava de uma goleada sonhar com a vaga e saiu na frente com gol contra de Lucas Luiz. Porém, o Leão da Paulista virou a partida para 4 a 1. Os gols foram marcados por Igor Gabriel, Jean, Lucas Luiz e Bruno Santos.

Classificação e próximos confrontos

O Ibrachina, que avançou em primeiro, e Náutico, que ficou em segundo, aguardam Flamengo ou Oeste na próxima fase, times que lutam pela primeira colocado do grupo 29.

VAVEL Logo