Brusque sofre pouco, empata com Avaí e segue às semifinais do Catarinense
Foto: Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC

Com a vantagem de jogar por dois resultados iguais por ter a melhor campanha na primeira fase, o Brusque ficou no 0 a 0 contra o atual campeão Avaí neste sábado (19) e se classificou pelo terceiro ano consecutivo às semifinais do Campeonato Catarinense. Na ida, o jogo na Ressacada tinha terminado 1 a 1.

Muitas chances e nenhum gol

A etapa inicial foi muito movimentada no Augusto Bauer. O Brusque não se acomodou com a vantagem do empate e tomou a iniciativa desde o início. O Quadricolor fechou o primeiro tempo com dez a dois em finalizações e dez a zero em escanteios e fez Douglas trabalhar.

Com muita movimentação na frente, Alex Sandro e Fernandinho criaram várias oportunidades para o Brusque, com chutes de fora e de dentro da área. Diego Jardel, que foi poupado no jogo de ida, também teve suas chances, mas não conseguiu acertar o alvo.

O Avaí não se retraiu, mas foi pressionado pelo Quadricolor em quase todo o primeiro tempo. O Leão teve menos posse de bola e falhou em alguns momentos na tomada de decisão na frente, mas teve uma chance clara para sair na frente. Aos 31, Rômulo recebeu de Cortez dentro da área, limpou e chutou forte, mas Ruan Carneiro salvou.

O Brusque seguiu teve chances até o fim da etapa inicial, com Fernandinho, Alemão e Luiz Antônio levando perigo, mas o 0 a 0 se manteve.

Resultado administrado

O Brusque voltou com a mesma postura para o segundo tempo e, com menos de dois minutos, já tinha feito o goleiro Douglas trabalhar duas vezes. O Avaí seguiu tendo chances esporádicas, enquanto tentava lidar com o volume dos mandantes.

O Leão teve uma boa oportunidade aos 14, quando Lourenço recebeu com espaço na intermediária e arriscou chute forte. A bola desviou e quase matou Ruan Carneiro, que se recuperou e segurou firme. Eduardo Barroca colocou Vinícius Leite, Jô e o estreante Lucas Ventura para tentar aumentar o controle no meio-campo e a criatividade, mas as mudanças tiveram pouco impacto.

Aos 30, o Avaí teve mais uma boa chance. Após cruzamento de Jô, Morato desviou, mas Alex Ruan raspou e tirou a bola da direção do gol. Fora isso, porém, o Brusque seguiu sendo o time mais consistente. Waguinho Dias fez mudanças para manter o fôlego do time e funcionou. O Quadricolor evitou até aquele 'abafa' na reta final do jogo e assegurou vaga à próxima fase.

O que vem por aí

Nas semifinais, o Brusque encara Concórdia ou Chapecoense, que se enfrentam no estádio Domingos Machado de Lima neste domingo (20), às 16h. O Galo do Oeste joga pelo empate. O Quadricolor busca seu segundo título estadual na história.

O Avaí, por outro lado, vai tentar juntar os cacos pensando no grande desafio do ano: o Brasileirão Série A. O Leão estreia na competição diante do América-MG no dia 9, 10 ou 11 de abril, na Ressacada.

VAVEL Logo