Corinthians segura Boca na Bombonera e fica perto da classificação na Libertadores
Foto: Divulgação / Conmebol

Nesta terça-feira (17), o Boca Juniors recebeu o Corinthians, na La Bombonera, em partida válida pela quinta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Os gols saíram todas no primeiro tempo, Du Queiróz abriu o placar para o Timão, porém, perto do fim, da etapa inicial, Benedetto empatou para os Xeneizes. 

Em um segundo tempo mais pegado e menos jogado, o tempo fechou aos 68 minutos, no burburinho da confusão, Cantillo acabou agredindo Pol Fernández, e foi expulso, o argentino tomou apenas amarelo. O técnico português Vitor Pereira, também foi expulso nesta confusão, e o Corinthians teve que segurar a pressão do Boca até o fim, com um jogador a menos e sem seu comandante na beira do gramado. Com isso, a partida terminou empatada por 1 a 1.

Empate na raça 

O Boca Juniors começou empurrando o Corinthians em seu campo de defesa, mas a equipe argentina, não conseguia levar perigo algum aos brasileiros. Pois, a defesa do Timão começou o jogo bem postada, com uma linha de cinco na defesa para evitar os avanços do adversário pelos francos do campo, além de ter Du Queiróz e Maycon ocupando todo o meio-campo. 

Sem correr grandes riscos neste início de partida, o Timão levou perigo quando saiu para o ataque, e Du Queiróz foi o principal nome, o volante foi quem puxou o contra-ataque que gerou escanteio e, na cobrança, aproveitou o rebote, tabelou com Raul Gustavo, e chutou para o gol e fazendo 1 a 0 para o Timão aos 15 minutos. 

Foto: Divulgação/Corinthians
Foto: Divulgação/Corinthians

Depois de sofrer o gol, a equipe do Boca Juniors teve mais a bola, inclusive, terminaram a primeira etapa com 72% da posse ao seu favor. Mas, o ataque ainda não mostrava agressividade, porém, aos poucos, o time argentino foi achando espaços entre as linhas de marcação corintiana. Principalmente do lado direito, aonde estava atuando Robson, que aparentava estar inseguro. 

Então, o aniversariante do dia, Benedetto deu seu cartão de visitas para defesa adversária, em um chute de fora da área que levou perigo ao gol de Cássio. Pouco tempo depois, Salvio também levou perigo ao gol, após Robson se atrapalhar, Zeballo ficou com a bola e, tocou para o camisa 10 do Boca, que finalizou com perigo. Mas só aos 41 minutos, em uma bola mal afastada por Raul Gustavo, que acabou gerando rebote ao Boca, Benedetto dominou na área, girou e empatou a partida, deixando tudo igual e as equipes indo para o vestiário empatadas.

Em uma etapa final sem gols, não faltaram faltas e confusões. Mesmo com o árbitro uruguaio deixando a partida seguir em muitas das ocasiões, o jogo ficou mais pegado e faltoso. Em um momento da segunda etapa, o tempo fechou, e o jogador do Corinthians, Cantillo foi expulso, após agredir Pol Fernández, o técnico Vitor Pereira, também foi expulso nesta confusão, o atleta argentino foi advertido apenas com o cartão amarelo - ainda não se sabe qual foi o motivo desta reação do camisa 24 corintiano, mas durante a partida, o volante ficou transtornado com o adversário e acabou sendo expulso.

Com um a mais em campo, o Boca criou mais volume no campo ofensivo e partiu para o ataque, o comandante Sebastián Battaglia, colocou o centroavante Vázquez no lugar de Zeballo, para ter jogadores altos dentro da área, com isso, os argentinos começaram lançar as bolas, fazendo o famoso chuveirinho. Nessas ocasiões, os Xeneizes perderam muitas chances de gols, a mais clara delas foi com Salvio, que cara a cara com Cássio, acabou finalizando de cabeça para fora. 

Para tentar evitar as jogadas aéreas, o Timão tinha colocado o Gil em campo, e a equipe alvinegra só não sofreu mais neste fim da partida, porque Fábio Santos, estava absoluto nas disputas defensivas, e afastou várias tentativas de ataque dos adversários. E na raça, a equipe corintiana conseguiu se segurar até o final, e sair da La Bombonera com um ponto.

 

Como os times ficam?

O Corinthians se mantém na liderança com oito pontos conquistados, seguido pelo Boca Juniors, na vice-liderança, com sete pontos. Em sequência vem Deportivo Cali, com cinco pontos e Always Ready, com quatro, as duas equipes se enfrentam nesta quarta-feira (18), e fecham a quinta rodada.

Próximos jogos

O Corinthians terá o clássico Majestoso pela frente, e enfrentará o São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro, no domingo (22), às 16h, na Neo Química Arena. No mesmo dia e horário, o Boca Juniors jogará contra o Tigre, pela final da Copa de la Liga

VAVEL Logo