AlphaTauri demonstra forte ritmo no Bahrein
Foto: Divulgação / AlphaTauri

A equipe AlphaTauri deixou claro na primeira corrida do ano que seu desempenho está bastante forte, principalmente por conta do estreante Yuki Tsunoda, que terminou o GP do Bahrein na nona colocação. Pierre Gasly teve danos no carro após um toque com Daniel Ricciardo, da McLaren, e teve que trocar o bico, além sofrer com problemas no assoalho do carro, obrigando-o a abandonar a prova.

Franz Tost, diretor da equipe: "Depois de uma sessão de qualificação satisfatória, Pierre largou hoje na quinta posição e Yuki em 13º. O início da corrida foi bom, com Pierre se mantendo na quinta posição. Yuki teve uma largada razoável também, mas depois foi ultrapassado por alguns outros pilotos, e atrás de Ocon ele teve que frear com força, causando um furo no pneu dianteiro direito, o que significa que ele começou a sentir algumas vibrações. Depois do safety car, Pierre sofreu uma colisão que danificou sua asa dianteira, descendo para a curva cinco, portanto ele teve que entrar no box para trocar, o que demorou um pouco. A partir de então, a corrida de Pierre foi comprometida, pois ele também teve danos no assoalho, o que significou uma grande perda de desempenho."

O chefão da AlphaTauri também lamentou a necessidade de chamar Gasly para abandonar a prova, mas, em contrapartida, ficou feliz pelo desempenho de Tsunoda.

"Infelizmente, tivemos que chamá-lo para abandonar perto do final da corrida por uma suspeita de problema na caixa de câmbio que precisamos investigar mais a fundo. No final, ele não conseguiu marcar nenhum ponto, mas fez um trabalho fantástico na qualificação de ontem e mostrou que o ritmo da corrida estava lá hoje, ele teve apenas falta de sorte. Yuki fez sua primeira corrida na F1 e devo dizer que ele realmente fez um trabalho fantástico."

"Dissemos que seu objetivo era completar a primeira volta com o carro inteiro para poder fazer sua corrida, e foi exatamente isso que ele conseguiu. Ele mostrou muitas boas manobras de ultrapassagem, e os seus tempos de volta também foram muito competitivos, tanto com o pneu médio como com o composto duro. Ele merecia a nona posição e foi muito bom ver como ele lutou contra Kimi, Lance e outros, acho que já podemos olhar para a próxima temporada com ele."

"Ele é o primeiro piloto japonês a marcar pontos na corrida de estreia, e é ótimo que ele tenha alcançado esse resultado conosco. Eu gostaria de dizer um grande obrigado a todos na Honda por trabalhar tanto durante os meses de inverno para nos fornecer uma unidade de potência tão competitiva", concluiu.

Fala aí, Tsunoda!

"Estou feliz por ter conseguido marcar pontos no meu primeiro GP, acho que esta corrida mostrou o quão bom é o desempenho do carro. Devo dizer que ainda estou um pouco decepcionado porque perdi algumas posições na primeira volta, devido a ser muito cauteloso, e tive que trabalhar durante toda a corrida para recuperá-las. Aprendi muito aqui no Bahrein, o que é muito positivo, e vou levar isso comigo para Imola. Fiz algumas ultrapassagens fortes durante a corrida, e para mim, ultrapassar Fernando (Alonso) foi uma experiência bastante emocionante, ele é um superastro da Fórmula 1 que eu cresci assistindo, então foi muito emocionante. Estou muito orgulhoso do meu desempenho e estou ansioso para ver como nos sairemos na próxima vez", disse o piloto japonês da equipe italiana.

E você, Gasly?

"Estou obviamente muito desapontado agora porque tivemos um final de semana muito forte desde que chegamos. Começando do P5, esperava alguns bons pontos hoje, mas a minha corrida estava praticamente terminada depois do contato com Daniel (Ricciardo) na primeira volta. Quebrei a asa dianteira, danifiquei o assoalho e estava obviamente muito atrás depois de apenas uma volta, então minha corrida estava quase terminada ali. É uma grande pena, porque mostramos um bom ritmo durante todo o final de semana e não conseguimos obter as recompensas disso hoje, mas acho que ainda há muitos pontos positivos para tirar, e é isso que vou procurar em Imola", completou o francês.

VAVEL Logo