Thiem acaba com invecibilidade de Nadal no saibro e avança em Madri

Austríaco colocou fim a sequência invicta do espanhol no saibro que já durava 21 jogos e alcançou às semis do Masters 1000 de Madri

Thiem acaba com invecibilidade de Nadal no saibro e avança em Madri
Foto: Quality Sport Images/Getty Images

E o dia que parecia nunca chegar, acabou chegando. Nessa sexta-feira (11) o austríaco Dominic Thiem, sétimo do mundo, deu fim a  invencibilidade de 21 jogos de Rafael Nadal no saibro, vencendo o espanhol por 2 sets a 0,com parciais de 7/5 e 6/3, em 1h56 de jogo.

O número um do mundo ainda viu sua sequência de 50 sets ganhos consecutivamente no saibro acabar também. Curiosamente, a última derrota de Nadal na terra batida havia sido para o mesmo adversário, quando acabou derrotado por Thiem em 2017 nas quartas de final do Masters 1000 de Roma.

Além da derrota, o espanhol perderá na próxima semana o posto de número um do mundo para o suíço Roger Federer. Já o austríaco irá enfrentar na semifinal do Masters 1000 de Madri o sul-africano Kevin Anderson, oitavo do ranking da ATP, que venceu o sérvio Dusan Lajovic por 2 sets 1, com parciais de 7/6 (3), 3/6 e 6/3.

Após o jogo, Thiem não escondia a alegria de vencer um adversário tão complicado, e elegendo Nadal como o melhor da história no saibro.

 “Estou super contente. É uma vitória especial, diante do melhor da terra batida na história, o atual número um. É muito especial. É um dos maiores desafios que qualquer tenista pode ter.”, confessou na entrevista após o jogo.

O tenista austríaco ainda comentou sobre o jogo mais arriscado que fez, e o qual acredita que foi fundamental para a vitória, considerando a derrota certa caso jogasse normal.

“Se jogasse de forma normal ia perder. Tive de tentar alguns pontos especiais. Fui mais agressivo e isso funcionou bastante bem. Estive muito bem de fundo. O que faz a diferença é a minha mentalidade. Entrei com a mentalidade de que poderia ganhar o encontro.”, finalizou o vencedor do duelo.

O jogo

A primeira parcial foi de domínio de Thiem, que desde o primeiro game foi agressivo na partida chegando a ameaçar o serviço do espanhol. Diante do cenário, não demorou muito para o austríaco conseguir a quebra e saltar na frente no sétimo game.

A reação de Nadal foi esboçada mas não teve grande efeito, já que o austríaco acabou fechando a parcial em 7/5 e abrindo 1 a 0. Já no segundo set mais uma vez foi amplamente dominado por Thiem, que conseguiu quebrar o espanhol e dessa vez encontrou mais facilidades para fechar o set em 6/3 e selar a classificação para a semi.