Del Potro elimina Cilic em 'jogo de dois dias' e avança às semifinais do Aberto da França

Argentino chega às semifinais pela primeira vez na carreira e terá pela frente o maior campeão do torneio na história

#6 Juan Martín del Potro
3 1
#4 Marin Cilic

Juan Martin del Potro vem fazendo a sua melhor edição de Roland Garros de sua carreira, avançando às semifinais do torneio. Nesta quinta-feira (7), o argentino bateu o croata Marin Cilic em quase 4h de jogo, com parciais de 7/6, 5/7, 6/3 e 7/5.

Com o resultado, Del Potro enfrentará o maior campeão de Roland Garros da história, o espanhol Rafael Nadal. No confronto direto, o número um do mundo lidera por 9 a 5. Já no saibro, enfrentaram-se apenas uma vez nesse mesmo torneio há 11 anos, em que Nadal venceu por 3 sets a 0.

O primeiro set da partida começou frio, com ambos os jogadores servindo bem e segurando seus games de saque com tranquilidade. Nas trocas de bola, Del Potro esteve mais firme, enquanto o croata cometeu diversos erros, mas seu saque o ajudou a não ter seu serviço quebrado. No entanto, com o passar dos games, o serviço de Cilic não foi o mais o mesmo, o que fez com que o argentino pressionasse mais vezes o saque do número 4 do mundo; no entanto, sem sucesso. No tiebreak, o croata ficou mais vulnerável: seus golpes não entraram mais em quadra, o que deu a vitória a Del Potro no primeiro set por 7 a 5.

O segundo set foi mais positivo para o croata, que se viu beneficiado por uma queda no nível do serviço de Del Potro. Ao sacar em 5/4 para empatar o jogo, o croata acabou por perder o seu saque, prolongando o set em mais dois games, pois o argentino teve seu serviço quebrado novamente, e dessa vez, não conseguiu devolver. Resultado: Cilic 7/5.

O terceiro set foi bastante equilibrado, apesar do placar. Os dois elevaram o nível, aumentando o número de winners e reduzindo os erros não-forçados. Čilić iniciou o set já com uma quebra a seu favor, mas não conseguiu mantê-la por muito tempo. O nível do croata diminuiu com essa quebra, o que fez com que Del Potro vencesse cinco games seguidos e, assim, o set por 6/3.

O quarto e último set foi o melhor do argentino: 9 winners e apenas 4 erros não forçados. Seu saque foi extremamente eficaz, não precisando salvar nenhum break point. Durante todo o set, nenhum dos dois jogadores teve dificuldade para confirmar seus serviços. No entanto, o argentino conseguiu uma quebra crucial, que o fez servir para a partida e confirmar o saque sem perder pontos. Resultado: Del Potro 7/5.