Dimitrov sofre, consegue virada e estreia com vitória no Australian Open
(Foto: Divulgação/Australian Open)

A saga de Grigor Dimitrov no Australian Open não começou das mais fáceis em 2019. O búlgaro 21° do ranking da ATP saiu atrás no primeiro set mas virou contra o sérvio Janko Tipsarevic e venceu por 3 sets a 1 com parciais de 4/6, 6/1, 6/3 e 6/4 em 2h33 de partida.

Logo de cara na partida, Dimitrov acabou sendo surpreendido por Tipsarevic, que parecia ser o mesmo de outrora quando figurava entres os primeiros do ranking. Atento aproveitou as deixas do búlgaro e fechou o primeiro set em 6/4.

Já na segunda parcial o jogo virou totalmente. O búlgaro mais atento conseguiu crescer na partida e sem ser ameaçado passeou em quadra fazendo 6/1 e empatando o jogo de estréia.

O sérvio parecia sentir o ritmo da partida, e seguia sem conseguir reagir, já Dimitrov não diminuiu o ritmo e foi pra cima, conseguindo a quebra e fechando a segunda parcial em 6/3 virando o jogo.

O búlgaro já totalmente adaptado na partida sem lembrar o do primeiro set, seguiu sem ter seu saque ameaçado e fechou o derradeiro set em 6/4 e selou sua vitória.

Na próxima fase o seu adversário será o uruguaio Pablo Cuevas, 94° do mundo, que venceu o sérvio Dusan Lajovic, 46° do ranking da ATP por 3 sets a 0 com parciais de 6/4, 7/5 e 6/1.

Após o jogo, Dimitrov comentou sobre Andre Agassi, seu treinador atual, e fez diversos elogios ao ex-tenista.

“Ele fez tanto pelo esporte fora das quadras. Vou apenas começar por aí. Sou uma pessoa melhor, ponto. Diariamente tenho aprendido algo novo graças a ele. Algumas vezes, as coisas que ele diz não têm propriamente a ver com tênis. Penso que ele também se certifica de que estou bem, vê se está tudo normal. Está constantemente a tentar relembrar-te das coisas boas que existem na vida. Quando estamos juntos em quadra, estamos muito focados. Ele é super intenso. Estamos todos na mesma pegada'', contou o búlgaro.

VAVEL Logo