Mladenovic e Garcia garantem vitória em cima da Romênia e França fará final da Fed Cup
Foto: Divulgação/Fed Cup)

Mladenovic e Garcia garantem vitória em cima da Romênia e França fará final da Fed Cup

Garcia perdeu sua partida para Halep em uma tremenda batalha de três sets, Parmentier venceu Begu e Mladenovic/Garcia venceram Halep/Niculescu para fazer 3 a 2 na federação adversária

anaracheel
Ana Carneiro

Depois do primeiro dia de competição entre França e Romênia acabar empatado em 1 a 1, ambas as federações entraram em quadra na tarde deste domingo (21) com um objetivo: fazer a final da Fed Cup com a Austrália em novembro.

Improvável? Talvez, mas a França não se intimidou e, com garra, conseguiu a vitória em cima da Romênia — que basicamente só tinha Halep pra jogar.

A primeira partida aconteceu entre #2 Simona Halep e #21 Caroline Garcia. A francesa ainda saiu na frente, vencendo o primeiro set por 7/6(6), mas sucumbiu nas parciais seguintes e acabou levando 6/3 e 6/4 em exatas 3h de jogo. Garcia foi superior no serviço, disparando cinco aces e cometendo duas dupla faltas contra os dois aces e três dupla faltas se Simona; A francesa também fez mais winners que a romena: 45 contra 31, mas pecou nos erros não-forçados, fazendo 61 contra 36.

Halep venceu a batalha e deixou o país mais próximo da tão sonhada final. E as coisas pareciam encaminhar a favor da Romênia com a desistência de Kristina Mladenovic em simples, dando lugar à #53 Pauline Parmentier enfrentar a #83 Irina Camelia Begu. Parmentier foi full-power para a partida e venceu, em três sets, a romena. A partida durou exatas 2h e as parciais foram de 6/3 2/6 e 6/2. Pauline disparou dois aces e cometeu duas dua faltas, fez 13 winners e cometeu 31 erros não-forçados; Begu fechou com um ace, duas dupla faltas, 21 winners e 25 erros não-forçados. 

O que parecia estar nas mãos, passou a ser uma dúvida com a vitória surpreendente de Parmentier. E agora a decisão ia ao jogo de dupla, onde Kristina Mladenovic e Caroline Garcia voltaram a unir forçar depois de dois anos separadas para enfrentar Simona Halep e Monica Niculescu

Em mais uma partida acirrada, as francesas levaram a melhor ao vencerem, de virada, por parciais de 5/7, 6/3 e 6/4 em 2h40. A dupla vencedora disparou 52 winners e três aces; no aspecto negativo, fecharam com 56 erros não-forçados - muitos deles cometidos quando uma delas ia à rede - e uma dupla falta. As romenas fecharam a partida com 33 winners, dois aces, 36 erros não-forçados e cinco dupla faltas.

Anjos lindos não brigam (Foto: Divulgação/Fed Cup)
Anjos lindos não brigam (Foto: Divulgação/Fed Cup)

Garcia e Mladenovic mostraram que a nação sempre vem em primeiro lugar ao colocarem a pequena rixa de lado e garantir vaga na final; do outro lado, Simona Halep mostrou que, além de uma das melhores do mundo em singulares, também é uma duplista em potencial. A romena ex líder de ranking também deixou claro o quão importante era a vitória, mesmo que a mesma não tenha vinda, ao jogar três vezes nos dois dias de competição.

Com a vitória suada, a França volta à final da Fed Cup. Dessa vez enfrentam a seleção da Austrália, que venceu a Bielorrússia. A final acontece nos dias 9 e 10 de novembro e as donas da casa serão as australianas. 

VAVEL Logo