Bia Haddad dá trabalho, mas perde para Cibulkova e Brasil cai para Eslováquia na Fed Cup
Foto: Daniel Kopatsch / WTA

Bia Haddad dá trabalho, mas perde para Cibulkova e Brasil cai para Eslováquia na Fed Cup

Brasileira jogou bem no primeiro set, mas sucumbiu no segundo; com o resultado, a Eslováquia se garante no Grupo Mundial II e o Brasil volta ao Zonal Americano

caiocarvalho97
Caio Carvalho

Precisando de um milagre. Foi assim que o Brasil entrou em quadra para o segundo dia de confronto com a Eslováquia, válido pelos playoffs do Grupo Mundial II da Fed Cup. Na manhã deste domingo (21), a #124 Beatriz Haddad Maia enfrentou a #33 Dominika Cibulkova e fez um bom jogo. A brasileira equilibrou o primeiro set, mas acabou sucumbindo no restante do duelo e foi derrotada por 2 sets a 0, parciais de 7/6 (3) e 6/0, em 1h44 de partida.

O revés teve um sabor de decepção para Bia. Isso porque no primeiro set, a brasileira chegou a sacar em 5/4, mas sentiu o nervosismo e não aproveitou a oportunidade. Depois disso, teve um set point no 12º game, que também não foi concretizado. A decisão da parcial foi para o tie-break, onde a experiência da ex-top 4 do mundo prevaleceu. 

Sem conseguir se encontrar no segundo set, Bia Haddad foi presa fácil para a eslovaca, que atropelou e dominou todos os games disputados. Cometendo muitos erros e sem apresentar a mesma intensidade, a brasileira pouco produziu. Com tranquilidade, a dona da casa aplicou um pneu e concretizou o triunfo. 

Com a vitória de Cibulkova, a Eslováquia chegou ao terceiro ponto no confronto e garantiu a classificação para o Grupo Mundial II. O Brasil, por sua vez, voltará a disputar o Zonal Americano em 2020. Neste ano, as brasileiras sagraram-se campeãs da fase regional e puderam disputar os playoffs

Apesar da derrota no geral, o Brasil marcou um ponto no confronto. Após o duelo entre Bia Haddad e Cibulkova, as duplas de ambas as equipes se enfrentaram. Diante de adversárias já desfrutando a classificação, Carol Meligeni e Luisa Stefani fizeram um ótimo jogo e bateram Viktoria Kuzmova e Rebecca Sramkova por 2 sets a 0, parciais de 6/1 e 6/3. 

VAVEL Logo