Djokovic vira contra Zverev e está na semifinal do Australian Open 2021
Novak Djokovic venceu Alexander Zverev no Australian Open 2021 (ATP / Divulgação)

Conforme uma competição afunila, é natural que grandes atletas se enfrentam. Não foi diferente no Australian Open 2021. Nas quartas de final do primeiro grand slam do ano, #1 Novak Djokovic enfrentou #7 Alexander Zverev nesta terça-feira (16), no primeiro jogo entre jogadores do top 10 no torneio - Berrettini e Tsitsipas teria acontecido antes, mas o italiano não entrou em quadra por lesão. 

A vitória de Djokovic foi por três sets a um, em 3h31. O jogo começou com triunfo do alemão no tiebreak por 7/6. Depois, o sérvio reagiu e venceu por 6/2, 6/4 e 7/6.

Mostrando por que é o melhor

Apesar da vitória, a partida não começou nada fácil para o número um do mundo. Logo no primeiro game, sacado pelo alemão, serviço rejeitado após sete pontos.

No quinto, Djokovic salvou um break point e, depois de onze pontos, conseguiu confirmar o saque. Novas dificuldades e pressão para cima do sérvio no sétimo momento: ele salvou um break e set point de Zverev e, após extenuantes 17 pontos, não teve o serviço rejeitado.

O alemão, entretanto, perdeu o game seguinte e deixou a peleja sem vantagem para lado algum. No tiebreak, Djokovic saiu na frente por 2-0, mas, a vantagem final foi do alemão, que empatou no começo a contagem em 2-2 e, para encerrar o período, fez dois pontos seguidos - a contagem foi 8-6.

A reação de Djokovic foi imediata. Nos quatro primeiros games do segundo set, 4/0 para ele - com dois saques rejeitados do alemão. Em games curtos, ele apenas administrou a vantagem e venceu por 6/2.

O terceiro set começou difícil para Nole. Sacando pela primeira vez no segundo game, ele teve o serviço rejeitado pelo rival - Zverev abriu vantagem de 3/0 no começo da parcial e, no quinto momento, sofreu para vencer o adversário, precisando salvar um break point e de nove pontos para fechar a contagem.

A virada começou a ser construída no sétimo game, quando Zverev sacava em 4/2. Em dois serviços consecutivos (o nono incluso), o sérvio rejeitou o saque do adversário. No décimo momento, então, Djokovic sacou pelo set - e não desperdiçou, fechando a contagem em 6/4. 

A competitividade seguiu em alta no quarto set. Zverev novamente, quebrou o primeiro saque de Djokovic - e abriu 3/0 no placar em um momento no qual teve que salvar dois break points e nove pontos ao todo.

Djokovic também confirmou o saque no game seguinte, mas salvou três break points em mais nove pontos. A partir daí, todos os saques confirmados. O oitavo e o 12º game, também com nove pontos, tiveram, ao todo três break points - e, no último desses, um set point a favor de Zverev, salvo pelo sérvio. No tiebreak, a vantagem só foi consolidada no final: a única sequência de dois pontos de um mesmo tenista foi do sérvio, que venceu por 8-6 - e quebrou o saque do alemão no décimo terceiro ponto.

Próximos jogos

Na semifinal do Australian Open 2021, Djokovic enfrentará a grande surpresa do Slam: o russo #114 Aslan Karatsev, que vem de vitória em quatro sets sobre o #19 Grigor Dimitrov. Enquanto o sérvio busca séu 18º título

VAVEL Logo