Austrália desbanca Bélgica e embola grupo B da BJK Cup; Rússia domina Canadá
Sanders conquistou melhor vitória da carreira diante da #18 Mertens (Foto: Divulgação/Tennis Australia)

Atual vice-campeã da Billie Jean King Cup, a antiga Fed Cup, a Austrália estreou com um grande resultado nesta terça-feira (2), em Praga, na República Tcheca. Mesmo sem contar com a número 1 do mundo, Ashleigh Barty, e poupando Ajla Tomljanovic, as australianas superaram a Bélgica e embolaram o grupo B.

No primeiro jogo do confronto, a ex-top 20 e atual #412 Daria Gavrilova conseguiu um grande resultado diante da #70 Greetje Minnen. Afastada das quadras por causa de lesão desde o Australian Open em fevereiro, Gavrilova prevaleceu em partida de três sets, parciais de 6/4, 1/6 e 6/4, em 2h03. Este foi o segundo confronto entre elas, e a segunda vitória da australiana, que se emocionou muito após o match point.

Maior zebra ainda foi a derrota de virada da #18 Elise Mertens para a #131 Storm Sanders. A australiana anotou 3/6, 7/6(5) e 6/0, em 2h09. Esta foi a primeira partida de Sanders na competição e também sua melhor vitória em termos de ranking na carreira. Após perder um segundo set muito equilibrado, Mertens não conseguiu reagrupar e viu a rival anotar um 'pneu' para garantir o triunfo da Austrália.

A vitória na partida de duplas, porém, acabou sendo crucial para a Bélgica. Mertens e Minnen dominaram Sanders e Ellen Perez, outra estreante, vencendo em pouco mais de uma hora, parciais de 6/2 e 6/4. Como venceram Belarus por 2 a 1, as belgas ainda podem se classificar nos critérios de desempate, desde que a belarussas vençam as australianas também por 2 a 1 no último confronto do grupo, que acontece na quinta-feira (4).

Rússia elimina Canadá

Uma das equipes mais fortes da competição, a Rússia atropelou e eliminou o Canadá, sem perder sets nas três partidas. As canadenses, desfalcadas de Fernandez, Andreescu e Bouchard, haviam surpreendido a França, atual campeã, por 2 a 1 no primeiro dia de competições, mas a derrota por 3 a 0 tira qualquer chances delas avançarem.

Em apenas 52 minutos, a #28 Daria Kasatkina despachou a #328 Carol Zhao, parciais de 6/3 e 6/1. A ex-top 10 venceu nove dos últimos dez games da partida após 3/3 no primeiro set.

O outro jogo de simples foi bem mais equilibrado, mas a Rússia prevaleceu com vitória da #12 Anastasia Pavlyuchenkova sobre a #148 Rebecca Marino. Apesar de três sets, a partida durou somente 1h40. A russa fechou com parciais de 6/4, 4/6 e 6/2. A maioria dos games foi curta - apenas três foram para deuce. Uma quebra decidiu os dois primeiro sets, mas, no terceiro, Pavlyuchenkova subiu o nível no saque e fez 6/2.

O Canadá poderia se manter vivo com uma vitória nas duplas, mas acabou perdendo também. Gabriela Dabrowski, número 5 do mundo, e Marino foram dominadas por Ludmilla Samsonova e Veronika Kudermetova, que jogaram juntas pela primeira vez. As russas anotaram 6/3 e 6/1, em 54 minutos.

A Rússia decide o confronto contra a França nesta quarta-feira (3). As russas precisam de apenas uma vitória nos três jogos para garantirem vaga nas semifinais.

VAVEL Logo