Bélgica e Portugal empatam em jogo pouco movimentado

Em um ritmo lento, as duas equipes pouco arriscaram às vésperas da Copa do Mundo com medo de alguma lesão

Bélgica e Portugal empatam em jogo pouco movimentado
Divulgação: Getty Images
Bélgica
0 0
Portugal
Bélgica: COURTOIS; ALDERWEIRELD, KOMPANY (BOYATA, MIN. 55), VERTONGHEN, MEUNIER; DE BRUYNE, DEMBÉLÉ (FELLAINI, MIN. 45), FERREIRA CARRASCO (CHADLLI, MIN. 45); HAZARD (THORGAN HAZARD, MIN. 79), LUKAKU (BENTEKE, MIN. 45), MERTENS (JANUZAJ, MIN. 45). TÉCNICO: ROBERTO MARTÍNEZ.
Portugal: BETO; CÉDRIC, PEPE, JOSÉ FONTE, RAPHAËL GUERREIRO; JOÃO MOUTINHO (BRUNO FERNANDES, MIN. 86), WILLIAM CARVALHO, BERNARDO SILVA (ANDRÉ SILVA, MIN. 77), JOÃO MÁRIO (MANUEL FERNANDES, MIN. 71); GELSON MARTINS (QUARESMA, MIN. 62), GONÇALO GUEDES (MÁRIO RUI, MIN. 90). TÉCNICO: FERNANDO SANTOS.
ÁRBITRO: VIKTOR KASSAI
INCIDENCIAS: AMISTOSO INTERNACIONAL DISPUTADO NO ROI BAUDOUIN, EM BRUXELAS, BÉLGICA.

Na tarde de sábado (3), Bélgica e Portugal empataram sem gols em amistoso disputado no Roi Baudouin, na Bélgica. Preocupados em perder a Copa do Mundo por lesão, as duas equipes evitaram disputas mais firmes e fizeram um jogo morno em Bruxelas.

Ainda sem Cristiano Ronaldo, Portugal continua sem vencer nos amistosos preparatórios para Copa do Mundo. A seleção lusitana soma dois empates em dois jogos, mas apresenta sinais de melhoras na equipe em relação ao último jogo. A Bélgica começou mais tarde os seus amistosos, e já começa a mostrar os primeiros sinais do time que pode começar jogando a Copa.

As duas seleções retornam a campo para mais um teste pré-copa. A equipe de Portugal joga sua última partida antes do Mundial contra a Argélia, no dia 7 de junho, no Estádio da Luz. A Bélgica ainda tem mais dois jogos a fazer. No dia 6 de junho os belgas enfrentam o Egito, novamente no Roi Baudouin, e terminam a fase de testes contra a Costa Rica, no dia 11 de junho.

Bélgica começa dominando a partida

Os Diabos Vermelhos foram melhores no começo da etapa inicial. Buscando mais o ataque e levando perigo ao gol de Beto, De Bruyne era quem mais arriscava as ações da equipe. Em um lance fora da área, o jogador do Manchester City apostou em um chute de longe, mas acabou acertando o defensor rival.

Apesar de ir mais ao ataque, o time belga não colocava um ritmo forte no jogo, apenas controlava as ações. Hazard, grande esperança da Bélgica na Copa, não produziu muito no primeiro tempo e teve atuação discreta. Quem mostrou que ainda pode ajudar a equipe foi Carrasco, jogador que acertou sua transferência para o futebol chinês no início do ano e estava cercado de dúvidas sobre o desempenho que poderia oferecer.

Em belo lance, o atleta que defende o Dalian Yifang deixou dois marcadores no chão em belo drible na área, mas acabou finalizando no lado de fora da rede, assustando os torcedores portugueses atrás do gol.

Gonçalo Guedes comanda reação portuguesa

Com um início ruim, os portugueses mostravam os mesmos erros apontados por Fernando Santos no último jogo. Mas Gonçalo Guedes tratou de colocar os portugueses no jogo. Ainda no fim da primeira etapa, o jogador teve duas boas oportunidades de abrir o placar. A primeira o jogador recebeu cruzamento de Gelson Martins, mas acabou sendo atrapalhado pelo marcador e cabeceou para fora. No último lance, Gonçalo recebeu bom passe de Bernardo Silva, pegou de primeira e tirou tinta da trave de Courtois.

Na segunda etapa, Portugal foi quem mandou no jogo. Gonçalo Guedes, Gelson Martins e Bernardo Silva foram os atletas que mais buscaram o gol. Todas jogadas contavam com a participação de pelo menos um dos jogadores. Os contra-ataques eram puxados por Gelson Martins, que infernizou a zaga belga e a fez bater cabeça. Bernardo Silva armava as jogadas e buscava deixar Gonçalo na cara do gol, mas faltou pontaria e um pouco de sorte para os portugueses.

Em seu segundo empate nessa fase de jogos preparatórios, Portugal já mostra uma evolução defensiva, onde Fernando Santos apontou que a equipe ainda cometia erros bobos. Com mais um jogo a fazer antes de enfrentar a Espanha pelo grupo B da Copa, o treinador português pode aprimorar mais sua equipe.