Além de Cristiano Ronaldo: veja o que esperar da Juventus na próxima temporada
Foto: Reprodução/Juventus

Além de Cristiano Ronaldo: veja o que esperar da Juventus na próxima temporada

Com a contratação do astro português, equipe italiana entra de vez entre as principais forças da Europa e vira forte concorrente para título da inédita Champions League

mathenrique
Matheus Henrique

Não há duvidas de que a Juventus venceu o prêmio de maior contratação da janela de verão do mercado de transferências europeu. Após altos e baixos na temporada passada, os dirigentes italianos foram vitais na busca por um novo nome para o elenco e assinaram com Cristiano Ronaldo, um dos maiores jogadores da atualidade e história do futebol.

A ida do português leva um patamar diferente à equipe italiana no cenário internacional, a qual visa seu primeiro título de Champions League e parece ter investido de vez no objetivo.

Em meio a rumores entre chegadas e saídas, ainda não se tem a definição do elenco da Juventus para a temporada 2018/19. A chegada do jogador premiado melhor jogador do mundo por cinco vezes - disputando a sexta na temporada atual - agrega um valor incomparável à equipe de Turim, que recém perdeu um dos maiores ídolos de sua história, Gianluigi Buffon, já anunciado no PSG.

Por enquanto, no espaço deixado pelo ídolo italiano, a diretoria preferiu organizar uma disputa sadia entre Szczesny, experiente goleiro que estava na reserva nas temporadas anteriores e era tratado como sucessor na iminente aposentadoria de Buffon, e Perin, arqueiro de 25 anos, contratado junto ao Genoa e apontado pelos italianos como um dos concorrentes à vaga de guardião italiano para a próxima geração da Azzurra.

Mattia Perín concorrerá com Szcesny por vaga no gol da Juventus. Foto: Reprodução/Juventus
Mattia Perín concorrerá com Szczesny por vaga no gol da Juventus. Foto: Reprodução/Juventus

Nos setores adiante, analisa-se o quarteto defensivo - tendo em consideração o sistema utilizado majoritariamente por Allegri, com quatro homens na linha defensiva -, onde a Juve organiza outro processo de renovação diante da idade avançada de Barzagli e Chiellini, além de observar novos nomes de peso para suprir necessidades, em especial na lateral direita, onde a equipe não conseguiu achar alguém equivalente a Daniel Alves, destaque que se transferiu da equipe ao fim da temporada passada. 

Para a nova temporada, a Juve já mobilizou as saídas de Asamoah e Lichtsteiner, figuras com alto tempo de casa, justamente para iniciar o processo de renovação da equipe. Restam ainda dois principais nomes nas posições, que acabaram sendo os titulares durante boa parte da temporada, são eles: De Sciglio e Alex Sandro, que contam com diferentes interpretações sobre a continuidade entre os 11 iniciais. 

João Cancelo deve ser dono da vaga na lateral-direita da equipe. Foto: Reprodução/Juventus
João Cancelo deve ser dono da vaga na lateral-direita da equipe. Foto: Reprodução/Juventus

Enquanto o brasileiro possui créditos com a torcida bianconera com suas boas atuações e parece ter assumido permanentemente a posição - muitas vezes é escalado mais à frente, como um ala ou ponta esquerda -, no outro lado do território a situação é diferente. Mattia não era visto como um nome ideal para a disputa de altos objetivos na temporada, sendo assim, a diretoria agiu rápido e anunciou a contratação de João Cancelo, vindo da Inter de Milão, que pode jogar tanto nas laterais, como mais adiantado, na meia.

Passando para o meio-campo, a situação fica mais confortável em relação a nomes de peso por posição e complica para o técnico Massimiliano Allegri sobre quem iniciará as partidas. A tendência é que siga a trinca de volantes formada por Khedira, Pjanic e Matuidi, sendo resguardados em ocasiões por peças como o experiente Marchisio e o jovem Bentancur, que ganhou créditos após boa participação junto do Uruguai na Copa do Mundo da Rússia. No setor, ainda há a opção por Bernardeschi, meia que costuma entrar no decorrer das partidas e pode ser utilizado aberto pelos lados do campo. Mesmo com as opções, a Juventus optou por se reforçar e contratou o meia Emre Can, oriundo do Liverpool, a custo zero.

Emre Can foi outro destaque nas contratações da Juve para próxima temporada. Foto: Reprodução/Juventus
Emre Can foi outro destaque nas contratações da Juve para próxima temporada. Foto: Reprodução/Juventus

No ataque está o cenário dos sonhos do torcedor da Juventus. Cristiano Ronaldo chega à equipe para formar dupla de respeito com Dybala, restando definir ainda um terceiro nome no setor, que deve ser ocupado por Douglas Costa ou Cuadrado

O brasileiro foi um dos destaques na temporada passada, porém, sem a titularidade absoluta, por razões não reveladas, mas que se supõem ser táticas. Enquanto isso, o colombiano chega à sua quarta temporada como jogador bianconero, onde possui créditos com a torcida e restante do elenco. O jogador cedeu a numeração de sua camisa ao gajo, que possui como sua marca registrada o número 7.

Paulo Dybala ocupa o posto de camisa 10 da equipe. O argentino é apontado como um dos astros do futuro e vem conquistando seu espaço no cenário internacional a cada ano. Possivelmente, Cristiano entra na vaga de Higuaín, que possui história considerável na Juventus e deve ser negociado com a chegada do novo atacante.

Na foto, Cristiano Ronaldo nega ajuda de Lichtsteiner em polêmico encontro na última Champions League. Hoje, o português se une a Juventus. Foto: Quality Sport Images/Getty Images
Na foto, Cristiano Ronaldo nega ajuda de Lichtsteiner em polêmico encontro na última Champions League. Hoje, o português se une a Juventus. Foto: Quality Sport Images/Getty Images

Ainda é cedo para apontar um futuro na Juventus para a próxima temporada, tendo em conta as diversas dúvidas sobre manutenção e chegadas de peças do elenco. No entanto, a equipe se resguardou para contratar um jogador multicampeão e formar um base de atletas de qualidade em volta dele, não investindo dinheiro somente num nome, esquecendo do resto. Tendo como base o frequente destaque do clube de Turim no cenário europeu, participando de finais de Champions League e os títulos consecutivos da Serie A, a esperança é de que os bianconeros infiltrem-se de vez na lista das potências europeias, especialmente nos candidatos para a conquista da principal competição do continente.

Dentro de campo, espera-se a apresentação de um futebol vistoso, como em qualquer equipe repleta de craques, e que aumente ainda mais a distância para o restante dos clubes italianos. Além da bola especificamente, se aguarda um ganho de experiência oriunda do português, que também deve contribuir como uma figura de liderança entre os remanescentes do elenco. Vilão nas duas últimas edições da Champions League, Cristiano Ronaldo aborda novo desafio na carreira e busca encerrá-la com chave de ouro em outro país, situação a qual a Juventus parece ter apenas a ganhar.

VAVEL Logo

Itália Notícias

há 13 dias
há 13 dias
há 14 dias
há 15 dias
há 16 dias
há 17 dias
há 18 dias
há 18 dias
há 20 dias
há 21 dias
há 21 dias