PSG vence Rennes de virada e continua 100% na Ligue 1
Foto: Divulgação/PSG

PSG vence Rennes de virada e continua 100% na Ligue 1

Após começo ruim, PSG consegue mostrar superioridade na segunda etapa e vence fora de casa

ygor-moreira
Ygor Henriques Moreira
RennesKoubek; Traoré, Da Silva, Mexer e Bensebaini; B. André, Bourigeaud (Siebatcheu), Sarr, Grenier e Lea Siliki (Ben Arfa); Niang (Del Castillo). Técnico: S. Lamouchi
PSGBuffon; Meunier (Kehrer), Marquinhos, Kimpembe e Bernat; Rabiot, Verratti (Choupo-Moting) e Di Maria; Draxler, Neymar (Nkunku) e Cavani. Técnico: Thomas Tuchel
PlacarRabiot (GC) 11/1ºT (1x0) - Di Maria 44/1ºT (1x1) - Meunier 15/2ºT (1x2) - Choupo-Moting 38/2ºT (3x1)
INCIDENCIASJogo válido pela sexta rodada da Ligue 1, que ocorreu no Roazhon Park

Em jogo válido pela sexta rodada da Ligue 1, o PSG venceu o Rennes por 3 x 1 no Roazhon Park e conquistou a sua sexta vitória na competição em seis jogos, igualando a marca do time na temporada passada.

+ Confira ofertas de nosso parceiro Futfanatics

O PSG entrou pressionado em campo, após perder nos acréscimos para o Liverpool por 3 a 2 na última terça-feira (18), na primeira rodada da UEFA Champions League. Já o Rennes estava com moral, vencendo o Jablonec por 2 a 1 em sua estréia pela UEFA Europa League.

Susto inicial e alivio no fim da primeira etapa

Com o time praticamente titular, a expectativa era de um jogo mais tranquilo para o PSG, mas não foi assim o enredo da partida.

Aos nove minutos, Lea Siliki finalizou e Marquinhos salvou em cima da linha. No escanteio o time da casa saiu na frente. Após a cobrança, volante Rabiot cabeceou contra o próprio gol, sem chances de defesa para Buffon.

O PSG não sem encontrava na partida e só causava perigo em lances de bola parada. Aos 24 minutos, Kimpembe, em posição irregular, deu assistência para Cavani, que marcou, mas o assistente de forma correta anulou o gol dos visitantes.

O empate veio apenas no último minuto da primeira etapa, com um folaço de Di Maria, finalizando forte de fora da área, após cruzamento de Draxler.

Segundo tempo letal dos visitantes

Se na primeira etapa o PSG entrou em campo desligado, o início do segundo tempo foi diferente. No primeiro minuto, Cavani chutou na trave. Aos quinze veio a virada: Neymar encontrou um belo passe para Meunier, que livre finalizou sem chances para o goleiro Koubek. O lateral direito já tinha marcado contra o Liverpool e hoje aproveitou sua subida ao ataque para marcar novamente.

O time da casa começou a pressionar o Paris, mas sem sucesso. O time visitante começou a explorar o contra-ataque e foi assim que saiu o terceiro gol: Neymar novamente achou Meunier, que cruzou para o Camaronês Choupo-Moting marcar seu primeiro gol pelo PSG. O jejum de gols do atacante durou seis meses.

Com a vitória, a equipe da capital está na liderança com cinco pontos na frente do segundo colocado Lille, enquanto o Rennes termina a rodada na décima terceira colocação.

Um dado curioso é que nas seis rodadas do campeonato, o Rennes abriu o placar em todas, mas só conseguiu sustentar a vitória em duas, quando não foi vazado.

VAVEL Logo

    Ligue 1 - França Notícias

    há um mês
    há 2 meses
    há 2 meses
    há 2 meses
    há 2 meses
    há 2 meses
    há 3 meses
    há 3 meses
    há 3 meses
    há 3 meses