Arsenal perde para Olympiacos, mas se classifica à Europa League
Foto: Divulgação / Arsenal

Foi no sufoco, mas a classificação saiu! Na tarde desta quinta-feira (18), aconteceu o jogo de volta das oitavas de final da UEFA Europa League. O Arsenal recebeu o Olympiacos no Emirates Stadium. Após vencer o primeiro jogo por 3 a 1, os Gunners tinham a vantagem para o segundo jogo. 

Apesar do Arsenal ter as melhores chances do jogo e chutar mais no gol, quem venceu o jogo foi o Olympiacos por 1 a 0 com gol de El Arabi. Mesmo com a vitória dos gregos, quem saiu com a classificação foi o Arsenal, por conta do saldo de gols.

Distribuição tática

Mikel Arteta levou um Arsenal para o Emirates Stadium  em  um 4-2-3-1 . Com Leno no gol, a defesa foi formada por David Luiz e Gabriel Magalhães na zaga e Tierney e Bellerín nas laterais. Na volância, Xhaka e Elneny ajudavam na parte defensiva enquanto Pépé, Ceballos e Smith Rowe trabalhavam no setor criativo do meio-campo. Lá na frente, Aubameyang  aparecia como centro-avante. 

Pedro Martins trouxe um Olympiacos em um 3-4-3. Com José Sá no gol, Sokratis na zaga enquanto Ba e Holebas completavam a defesa. No meio campo, M'Vila, Reabciuk, Androutsos e Camara ficavam no meio-campo, enquanto El Arabi, Fortounis e Masouras apareciam no ataque.

Com emoção, como sempre

Foi com mais emoção que o Arsenal  esperava para esta quinta-feira, mas pelo menos teve um final diferente. Na temporada passada, na mesma competição e no mesmo estádio, os gregos saíram vencedores com um gol nos acréscimos da prorrogação. Apesar de vencer o primeiro jogo por 3 a 1 no primeiro jogo, o fantasma continuava rondando o Emirates.

A primeira etapa já mostrava que o jogo seria bem movimentado, prometendo fortes emoções. Aos 17 minutos, Pépé teve a primeira grande chance da partida, driblando o goleiro José Sá, mas o chute foi pra fora. No lance seguinte, El Arabi teve uma grande chance, mas Leno defendeu. Pouco depois, Aubameyang também teve uma chance dentro da área, mas perdeu. 

Os números da primeira etapa mostram que o Arsenal teve um pouco  mais de chances de abrir o placar, mas não conseguiu ter a bola. Enquanto o time de Pedro Martins tinha 60% de posse de bola, acertou um dos dois chutes no gol de Bernd Leno. Do lado dos donos da casa,  os Gunners acertaram três de cinco finalizações no gol de José Sá. 

O segundo tempo trouxe ainda mais emoção. Vendo que os ingleses não conseguiram abrir o placar na primeira etapa, os gregos foram pra cima. Aos 51, El Arabi chutou de fora da área, mas a bola desviou em Gabriel Magalhães e entrou.  Apesar de bons primeiros minutos, os visitantes não conseguiram manter a pressão.

Do outro lado, o Arsenal não vivia uma noite inspirada. Aubameyang e Ødegaard perderam chances cara a cara com o goleiro, Smith-Rowe desviou sem querer o chute fatal de Pépé. A noite não era dos Gunners, mas pelo menos a classificação saiu. 

Os números do segundo tempo mostram que algumas coisas mudaram para a segunda etapa. O time de Mikel Arteta, que tinha  53% de posse de bola, acertou apenas dois de sete chutes no gol de José Sá. Já o Olympiacos acertou um dos seis chutes no gol de Leno.

Não foi o melhor jogo dos Gunners. Com pouquíssima inspiração lá na frente, o time de Mikel Arteta viveu minutos de medo da repetição da história da temporada passada. O time de Mikel Arteta tem mais uma chance de escrever sua história e ter o final que tanto sonha. 

O que vem por aí?

O Arsenal espera o sorteio das quartas de final que acontecem nesta sexta-feira (19). Agora, a equipe de Mikel Arteta volta seu foco para a Premier League e enfrenta o West Ham no próximo domingo às 12h. 

VAVEL Logo