Brugge mantém boa fase, vence Atlético de Madrid pela Champions League
Reprodução UEFA

Nesta terça (04), Club Brugge e Atlético de Madrid entraram nos gramados do estádio Jan Breydel, na Bélgica, em partida válida pela terceira rodada do Grupo B da UEFA Champions League em momentos diferentes, mas que foram confirmados pela vitória do Club Brugge por 2 a 0.

O Brugge vem com a melhor campanha da Champions da sua história, tendo vencido as duas primeiras partidas consecutivas e vencido por 4 a 0 em uma partida fora de casa (contra o Porto, na abertura do torneio) pela primeira vez em todas as suas participações.

Já o Atlético conseguiu se recuperar da derrota por 2-0 contra o Bayer Leverkusen em sua estreia na competição com uma vitória contra o Porto e viajou para a Bélgica em busca de uma vitória para brigar pela liderança do grupo.

  • Mignolet frustra as chances do Atleti

O Brugge começou com maior posse de bola, mas a primeira grande chance veio com uma boa finalização de Yannick Carrasco aos 7’. Os belgas continuaram pressionando e mantendo cerca de 60% de posse de bola, mas apenas o Atlético finalizava. Aos 18’, se não fosse por boa intervenção do goleiro Simon Mignolet, Antoine Griezmann teria conseguido abrir o placar para os visitantes.

Aos 25’, Mignolet apareceu novamente para impedir que o Brugge saísse atrás do placar, quando Molina acionou Morata, que passou por trás da zaga e finalizou duas vezes para uma sequência de defesas que renderia aplausos da torcida para o goleiro belga.

Apesar da maior parte das finalizações ter sido por parte do Atlético, quem abriu o placar foi o Brugge. Após uma boa troca de passes, Ferran Jutglá cruzou rasteiro para Kamal Sowah abrir o placar pouco antes do final do primeiro tempo, aos 36’.

Ao final do primeiro tempo, o Atlético teve menor posse de bola (41%), mas havia finalizado seis vezes, sendo três no alvo. Já o Brugge acertou o alvo apenas uma vez, mas foi justamente na ocasião em que abriu o placar que lhe deu a vantagem até o intervalo.

  • Espanhóis esbarram em sua ineficiência (de novo)

Logo no início do segundo tempo o Brugge quase ampliou a sua vantagem e complicou a vida dos espanhóis: após boa jogada, o ataque belga finalizou com muito perigo e obrigou Jan Oblak a fazer uma difícil defesa.

O retorno veio rápido e no lance seguinte, quem quase marcou foi o time de Madri, que teve uma ótima chance que acabou desperdiçada por Carrasco. Pouco tempo depois, aos 51', o Atlético teria outra boa finalização jogada fora, mas desta vez pelos pés de Griezmann.

Atrás no placar, o time comandado por Diego Simeone passou a reter mais a bola e a pressionar mais o time belga, buscando o empate a todo custo. Aos 60' de jogo, a posse ainda estava em 55/45 para o Brugge, mas o Atléti já havia finalizado nove vezes, sendo três apenas no segundo tempo.

Porém, assim como no primeiro tempo, quem marcou foi o time adversário. Aos 61', após outra troca de passes pelo meio da área, Jutglá recebeu e bateu para o gol, fazendo 2 a 0 para o Club Brugge.

Minutos depois, entre o intervalo de 72' e 76', Griezmann perdeu duas chances de diminuir a desvantagem de seu time: primeiro ao desperdiçar uma cobrança de pênalti ao acertar o travessão e posteriormente ao marcar um gol em posição de impedimento.

Para evitar a derrota, o time visitante continuou comandando as chances ofensivas do jogo, finalizando 14 vezes no alvo somente no segundo tempo. O problema para os espanhóis é que assim como na partida em que foram derrotados pelo Bayer Leverkusen por 2-0, eles foram ineficientes em seus chutes no alvo e dos 20 chutes que tiveram ao longo de todo o jogo, acertaram o gol em apenas cinco ocasiões.

Ao final da partida, a posse de bola dos times estava muito próxima do ponto de equilíbrio (50/50), mas foi exatamente a eficiência que fez a diferença: o Brugge chutou sete vezes, acertou o alvo em três e marcou dois gols.

  • Desfecho

Na outra partida, o Porto venceu o Bayer Leverkusen por 2-0. Com os resultados, o Brugge dispara na liderança do grupo, com nove pontos e deixa Leverkusen, Porto e Atlético de Madri empatados com três pontos cada. Na próxima rodada, em 12 de outubro, os dois times se enfrentarão novamente, mas desta vez em solo espanhol.

VAVEL Logo