Buscando afirmação com Aguirre, São Paulo visita Rosário Central na estreia da Sul-Americana
Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Buscando afirmação com Aguirre, São Paulo visita Rosário Central na estreia da Sul-Americana

Próximo do início do Brasileirão e com uma 'pedreira' na Copa do Brasil, Tricolor busca bicampeonato da competição continental

cairesluciano
Luciano Caires Júnior
Rosário CentralLedesma; Ferrari, Tobio, Cabezas, Parot; Lovera, Pisano, Maxi González, Carrizo; Ruben, Zampedri.
São PauloSidão; Éder Militão, Rodrigo Caio, Arboleda; Régis, Jucilei, Liziero, Petros, Reinaldo; Nenê e Tréllez.
ÁRBITROVictor Carrillo (PER).
INCIDENCIASPartida válida pela primeira rodada da Copa Sul-Americana 2018. Realizada no Estádio Gigante de Arroyito, em Rosário, na Argentina.

Campeão em 2012, o São Paulo novamente inicia sua trajetória na Copa Sul-Americana nesta quinta-feira (12). Em Rosário, a equipe de Diego Aguirre encara o Rosário Central pela primeira fase da competição, no Estádio Gigante de Arroyito

+Adversário do São Paulo pela Sul-Americana, Rosário Central bate Belgrano

Há mais de 20 anos sem um título de grande expressão, o Rosário Central busca novamente a glória continental com uma experiente e rodada equipe. Contudo, o cenário vivido pelo clube em seu país não é dos melhores. O conjunto canalla ocupa apenas o 14° lugar na SuperLiga com 31 pontos ganhos. Ainda sem Néstor Ortigoza, o Central terá o retorno de seu artilheiro como titular para o duelo em Arroyito, o atacante Marco Ruben, que atuou por alguns minutos diante do Belgrano no último final de semana.

São Paulo e Rosário já se enfrentaram quatro vezes, com duas vitórias para cada lado

Eliminado nas semifinais do Campeonato Paulista, e derrotado no jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil, o São Paulo se aproxima de mais uma partida decisiva para seus objetivos nesta temporada. Em busca de um título após seis anos, o Tricolor vê na Sul-Americana uma boa oportunidade de conquista.

Para o duelo, Aguirre voltou a relacionar o recém recuperado Valdívia, mas que deve começar a partida no banco de reservas, assim como o peruano Cueva.

Após vitória na SuperLiga, Fernández projeta duelo diante do Tricolor  

Após a goleada sofrida para o Patronato na penúltima rodada do Campeonato Argentino, o Rosário voltou a vencer no último final de semana, ao derrotar o Belgrano por 2 x 1 no Gigante de Arroyito: "Vencer foi um alívio para a alma e para o desempenho da equipe. Soubemos sofrer em alguns momentos da partida. A vitória faz com que possamos nos remodelar na classificação, diante de um rival direto. Fiquei muito contente com a performance e com a entrega", disse o comandante Leonardo Fernández.

Fernández ainda tranquilizou a massa canalla ao afirmar que a saída de Tobio durante a partida foi somente por um 'incômodo', e confirmou o atleta na partida desta quinta-feira. Sobre a partida diante do São Paulo, o técnico mostrou confiança: "Vamos colocar em campo absolutamente tudo que temos de melhor. Queremos conquistar uma margem, algo lindo", concluiu.

Nova formação? Ricardo Rocha fala sobre o possível São Paulo com três zagueiros 

Aclamada por muitos torcedores, e que teve um resquício de surgimento com Rogério Ceni em alguns momentos como comandante, o São Paulo aparentemente voltará a atuar com o sistema de três zagueiros nesta quinta-feira. 

+Tréllez quer boa atuação do São Paulo contra o Rosário: "Jogo muito difícil"

Diante do Atlético-PR na última quarta-feira (4), pela Copa do Brasil, o São Paulo terminou a partida atuando com três zagueiros em campo: "O sistema agrada. Isso tem de ser bem treinado e calculado. O Aguirre vem treinando. No segundo tempo contra o Atlético-PR ele precisou fazer isso e o time respondeu bem. Futebol é incrível. Ele estava fazendo isso no treinamento e não estava satisfeito. A gente precisou no jogo, fez e a coisa andou melhor. Acho isso muito legal. O Aguirre é muito inteligente. Ele trabalha algumas variações dentro do jogo", afirmou o coordenador Ricardo Rocha.

Uma das equipes mais vitoriosas do Tricolor, campeã da Libertadores e Mundial em 2005, atuava com três defensores

"Eu gosto da ideia. O São Paulo tem perfil para jogar assim. Foi campeão por muitos anos com o Muricy jogando com três zagueiros. E o São Paulo tem muitos bons zagueiros para fazer isso. Tem qualidade, alas para jogar dessa maneira. O próprio Régis está chegando agora e é um jogador ofensivo. Na esquerda também temos opções de jogadores ofensivos. Eu gosto de três zagueiros. A tendência é uma melhora cada vez maior nesse esquema de jogo", concluiu.

VAVEL Logo

Sao Paulo FC Notícias

há 5 dias
há 13 dias
há 14 dias
há 14 dias
há 15 dias
há 20 dias
há 22 dias
há 22 dias
há 22 dias
há 22 dias
há 25 dias