Grêmio tem nova atuação de gala na temporada e atropela Santos na Arena

Com show de Maicon, Everton e Arthur, Tricolor goleou Peixe e colou na parte de cima da tabela

Grêmio tem nova atuação de gala na temporada e atropela Santos na Arena
(Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)
Grêmio
5 1
Santos
Grêmio : Marcelo Grohe; Léo Moura (Madson, min. 81), Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortês (Marcelo Oliveira, min. 76); Arthur e Maicon; Ramiro, Everton e Luan; André (Jael, min. 71).
Santos: Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Dodô; Alisson, Jean Motta e Léo Cittadini (Copete, min. 57); Eduardo Sasha, Rodrygo (Vitor Bueno, min. 81) e Gabriel (Arthur Gomes, min. 73).
Placar: 1-0, min. 31, Maicon. 1-1, min. 33, Jean Motta. 2-1, min. 46, Everton. 3-1, min. 54, Maicon. 4-1, min. 70, André. 5-1, min. 80, Arthur.
ÁRBITRO: Pericles Bassols (PE-CBF). Cartões amarelos: Dodô, Lucas Veríssimo e Alisson (SAN); Ramiro (GRE).
INCIDENCIAS: Partida válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro de 2018, disputada na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

Virou rotina? O Grêmio recebeu o Santos em Porto Alegre pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro e repetiu a dose da partida de terça-feira (1º), contra o Cerro Porteño, na qual fez cinco gols. O Imortal, dessa vez, fez 5 a 1 no Peixe, com gols de Maicon, duas vezes, Everton, André e Arthur. Jean Motta descontou para o time da Vila Belmiro

Ramiro teve a primeira grande chance da partida em cobrança de falta. O meia cobrou direto para o gol e obrigou Vanderlei a saltar no cantinho para defender. André também levou perigo após emendar de primeira levantamento de Ramiro. 

Aos 29 minutos, Maicon tirou da cartola um golaço. O capitão gremista recebeu na entrada da área, ajeitou e acertou um chute excepcional de perna direita, no ângulo de Vanderlei, para abrir o placar na Arena do Grêmio. 

A resposta santista veio três minutos mais tarde. Jean Motta recebeu na entrada da área, driblou Maicon e chutou cruzado para empatar o jogo. O meia ainda contou com desvio de Kannemann para tirar Marcelo Grohe da jogada e igualar o marcador. 

O Tricolor foi em busca do segundo gol. Ramiro, protagonista nos 45 minutos iniciais, levantou bola na área para Luan que antecipou na primeira trave e desviou, mas parou no travessão do arqueiro paulista. 

Persistente, o Imortal foi tomou a dianteira no placar novamente. Após excelente troca de passes, Léo Moura cruzou rasteiro, a zaga do Peixe errou e Everton dominou, dribou Veríssimo e estufou as redes da equipe da Vila. 

Na segunda etapa, logo aos 10 minutos, Maicon protagonizou mais uma pintura em Porto Alegre. O camisa 8 cobrou falta magistral por cima da barreira e deixou Vanderlei estático, assistindo a bola balançar o barbante pela terceira vez no jogo. 

O Grêmio não parava. Querendo ampliar o placar, conseguiu. Ramiro levantou na área, André resvalou para Luan que se esticou e tocou para o meio da pequena área onde estava o camisa 90 para fazer o quarto gol da equipe gaúcha. 

Era goleada, mas se tornou passeio aos 35 da etapa final. Everton recebeu pela esquerda, invadiu a área, pedalou e tocou para Arthur. O camisa 29 ajeitou e mandou no cantinho de Vanderlei para fazer o quinto gol e fechar a conta.

Chegando aos sete pontos, o Imortal assume a quinta colocação (5ª) na tabela de classificação. O Santos permanece com três pontos e na décima sexta (16ª) posição. O Peixe tem um jogo a menos, adiado por conta da Libertadores. 

O Grêmio volta a campo na quarta-feira (9), pela partida de volta das oitavas de final de final da Copa do Brasil contra o Goiás, na Arena. O Santos recebe o Luverdense na quinta (10), pelo jogo de ida das oitavas de final da copa nacional.