Flamengo e Cruzeiro repetem duelo decisivo há menos de um ano da final da Copa do Brasil

Jogo marcará o primeiro encontro entre as equipes pela Copa Libertadores da América

Flamengo e Cruzeiro repetem duelo decisivo há menos de um ano da final da Copa do Brasil
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

O duelo brasileiro entre Flamengo e Cruzeiro representa muito mais que apenas uma partida de oitavas de final da Libertadores. Além de ser um clássico nacional, o confronto marca o reencontro entre as mesmas equipes que disputaram a finalíssima da Copa do Brasil do ano passado, da qual o Cruzeiro sagrou-se campeão. A grande diferença é em relação aos atuais elencos dos cariocas e dos mineiros, bastante alterados em relação à final de setembro do ano passado.

O Flamengo foi o time que mais mudou. Entre os titulares do ano passado e os desse ano, são 8 as mudanças. No gol, Diego Alves já estava no elenco do Flamengo na final da Copa do Brasil de 2017, mas não pôde jogar contra o Cruzeiro por ter chegado ao clube carioca depois do encerramento do prazo de inscrições para a competição. Além dele, Pará, Juan, Trauco, Willian Arão; Berrío, Éverton e Guerrero ora não fazem mais parte do time titular do Flamengo deste ano, ora deixaram a equipe. O Cruzeiro também vem mudado em relação há 11 meses. Ezequiel, Murilo, Diogo Barbosa, Hudson; e Alisson também não compõem mais os titulares cruzeirenses do time atual, sem contar os que saíram do clube.

No que se refere ao momento das equipes, também temos uma boa diferença. O Flamengo briga diretamente pelo título do Campeonato Brasileiro desde seu início, ocupando a segunda posição; enquanto o Cruzeiro tropeçou algumas vezes no começo da competição e encontra-se na oitava colocação atualmente.

Para o duelo de amanhã - com mando do Flamengo - Lucas Paquetá, um dos grandes destaques da equipe rubro-negra, estará suspenso desse primeiro jogo de oitavas de final. Em seu lugar, Barbieri deve optar por Lincoln, que jogará ao lado de Uribe no ataque dos cariocas. O Cruzeiro também não terá uma peça, que também cumprirá suspensão: Lucas Romero.

A curiosidade do confronto é que Cruzeiro e Flamengo se enfrentarão pela 1ª vez na Copa Conmebol Libertadores, o que é bem surpreendente se contarmos o tamanho das equipes no cenário internacional.

Outro destaque que pode valer para o jogo de amanhã se dá em relação aos poupados dos times exclusivamente para a Copa Libertadores. No sábado, quando o Flamengo enfrentou o Grêmio em jogo válido pela 17ª rodada do Brasileirão, o rubro-negro poupou apenas 3 de seus titulares. Já o time de Mano Menezes, que enfrentou o Vitória no domingo, terá os 11 titulares completamente descansados para pegar o Flamengo, já que utilizaram um time completamente alternativo contra os baianos.

O jogo de volta das oitavas de final será apenas dia 29 de agosto. Nesse hiato, Cruzeiro e Flamengo terão 5 jogos cada um antes de se cruzarem novamente, o que valoriza ainda mais o jogo de ida. Curiosamente os times se enfrentarão na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, em partida realizada também no Rio de Janeiro, no domingo, às 16h. O vencedor de Flamengo e Cruzeiro pela Libertadores enfrentará o vencedor da partida entre Boca Juniors (ARG) e Libertad (PAR).