Começa a decisão! Fluminense e Flamego iniciam briga pelo título do Campeonato Carioca
Foto: Divulgação/FERJ

 Depois do título na final da Taça Rio, o Fluminense volta a enfrentar o Flamengo no Maracanã, neste domingo (12), às 16h (horário de Brasília) pela final do Campeonato Carioca e com transmissão pela FluTV. O segundo jogo, com mando do Flamengo, será na quarta-feira (15), às 21h, também no Maracanã e com transmissão pela FlaTV e SBT. Mas agora, já neste fim de semana, a rivalidade mais tradicional do Rio tem um novo capítulo.

Com toda a polêmica que cerca esta volta do Cariocão em meio à pandemia, o Fla-Flu dos últimos dias ganha muita importância. Isso porque o Flu é contra o retorno, já o Fla é quem mais pressionou a Ferj para retomar os jogos. Então, já se viu o quão a rivalidade foi potencializada.

O técnico Odair Hellmann não admite, mas deverá manter a mesma estratégia do último jogo, que apresentou uma equipe bem postada defensivamente e que apostou em jogadas de velocidade e bola parada.

Em entrevista ao canal SporTV, Odair afirmou:

De um jogo para o outro, mesmo que você peça e treine para repetir, cada jogo tem sua história. Qualquer coisa que aconteça no primeiro minuto pode mudar toda a movimentação de uma partida. E também não posso te confirmar, viu? Porque se for manter a mesma estratégia. Mas certamente o Flamengo é uma equipe que tem poucas vulnerabilidades, te dá poucas situações para você conquistar espaço, criar dificuldades  disse o técnico.

Escalações

As duas equipes vão a campo com desfalques em relação ao último jogo, pelo lado do Fluminense, o zagueiro Nino ficará fora da equipe com uma entorse no joelho e deverá ser substituído pelo Digão. Fred, que passou por cirurgia no olho e só deverá retornar no Brasileirão, e Ganso, continuam fora.

Fluminense deve ir a campo com a seguinte escalação:

Muriel; Gilberto, Matheus Ferraz, Digão e Egídio; Dodi, Hudson e Yago; Nenê, Marcos Paulo e Evanilson.

Já o Flamengo não poderá contar com o atacante Bruno Henrique, que sentiu dores na panturrilha ainda na final da Taça Rio, e deverá retornar no segundo jogo. Pedro deve ser o preterido, formando o Flamengo com:

Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Léo Pereira e Felipe Luís; Arão, Gérson e Arrascaeta; Everton Ribeiro, Pedro e Gabigol.

Cartas na manga

O Fluminense aposta em seu sistema defensivo e na boa fase do goleiro Muriel que tomou apenas um gol nos últimos três jogos, além de brilhar nos pênaltis, que garantiram o título da Taça Rio ao Tricolor das Laranjeiras.

Já o Flamengo aposta na "lei do ex", com Pedro comandando o ataque rubro-negro. Além disso, o Flamengo também se vê diante de algumas marcas importantes: 50º jogo do Gérson com a camisa do Flamengo e a quebra do jejum do Gabigol, que já completa três jogos (igualando a pior marca no comando ao Jorge Jesus).

Ainda sobre o Gabigol, o atleta tem oito gols na competição, o mesmo que o atacante João Carlos, do Volta Redonda. Basta um gol na final para assumir a artilharia isolada do campeonato.

Equipe do apito

A arbitragem do clássico ficará a cargo do Wagner do Nascimento Guimarães e contará com a presença do arbitro de vídeo (VAR).

O árbitro da partida, Wagner do Nascimento Magalhães é o mesmo arbitro da final do Campeonato Carioca de 2017. Na oportunidade, os torcedores do Fluminense reclamaram de suposta falta do zagueiro Réver em Henrique, no início da jogada que após rebote, terminaria no gol de Guerrero e levaria o Flamengo ao título daquele ano.

VAVEL Logo