Athletico é punido pela Fifa por contratação de Rony
Foto: Divulgação/Site Oficial Athletico

A Fifa puniu Rony, do Palmeiras, por conta de uma antiga ação judicial do clube japonês Albirex Niigata. Quem acabou também sofrendo punição foi o ex-clube do atleta, o Athletico Paranaense. Enquanto o atacante fica impedido de jogar por quatro meses, o clube paranaense não poderá registrar novos jogadores nas próximas duas janelas de transferência. Além disso, o jogador foi multado em US$ 1.129,499 (cerca de R$ 6 milhões), e tem 30 dias para realizar o pagamento. 

O rubro-negro paranaense ainda pode entrar com recurso no TAS (Corte Arbitral do Esporte), dentro de um período de 21 dias.

"O Clube Athletico Paranaense, tem que ser banido de registrar novos jogadores, para competições nacionais ou internacionais, pelas próximas duas e consecutivas janelas de transferência", cita a Fifa na decisão.

O presidente, Mario Celso Petraglia, e o advogado do clube, Marcos Motta, optaram por não comentar a situação por enquanto. Do outro lado, o advogado do Albirex, Breno Tannuri, explicou que a punição afeta as janelas de julho deste ano e janeiro do ano que vem, fazendo com que o Furacão só possa registrar novos jogadores na metade de 2021.

"São duas janelas de transferência, o que resulta em um ano. Tem a janela agora de julho e a de janeiro. Não vai poder contratar jogadores nem no Brasil e nem fora. Aqui no Brasil você pode registrar jogador até setembro, mas no mundo inteiro só pode registrar nesses períodos. É um questionamento para a CBF, se o Athletico registrar vamos questionar até porque isso foi avisado", relatou o advogado.

Rony disputou 73 partidas com a camisa do Athletico entre agosto de 2018 e janeiro de 2020. Foram 13 gols marcados e três títulos pelo clube (Sul-Americana, J. League/Conmebol e Copa do Brasil). No início de 2020, Rony foi negociado junto ao Palmeiras por um valor de 6 milhões de euros, cerca de R$ 28 milhões.

VAVEL Logo