Pelo Mineiro, Atlético-MG vence Pouso Alegre pela
primeira vez na história
Vargas comemora gol (Foto: Pedro Souza/Atlético-MG)

O Atlético-MG venceu o Pouso Alegre, por 1 a 0, e conquistou a primeira vitória na história sobre o time do Sul de Minas, na tarde desta quarta-feira (7), no Mineirão, pela oitava rodada do Campeonato Mineiro. Na trajetória, eram três vitórias do Dragão e três empates. As duas equipes não se enfrentavam há 31 anos.

+ Gol e melhores momentos de Atlético-MG 1 x 0 Pouso Alegre pelo Campeonato Mineiro 2021

Eduardo Vargas foi o autor do único gol do jogo, marcado ainda no primeiro tempo. Com o resultado, o Galo garantiu a liderança isolada da competição, com 21 pontos. No próximo domingo (11), os comandados de Cuca fazem o clássico contra o Cruzeiro. Já o Dragão está no quinto lugar, com 11 pontos. O time sulista também joga no mesmo dia, com a Patrocinense.

Vargas decide de cabeça

Logo com 40 segundos de jogo, o Pouso Alegre quase abriu o placar com Matheus Sousa, numa infiltração pelo canto após belo passe de Paulo Henrique. O chute saiu muito fraco, e ficou fácil para Everson fazer a defesa.

Outra chegada com perigo oito minutos depois. Por pouco, o Dragão não marcou em um cruzamento em que a bola bateu na canela de Junior Alonso e, em seguida, explodiu no travessão do goleiro atleticano. Fogo Amigo!

Enquanto isso, o Atlético-MG atacava e mantinha a posse de bola, mas sem aquele brilho das últimas partidas. A equipe não contou com o argentino Nacho Fernández, destaque do plantel e que foi poupado nesta quarta-feira.

O primeiro grande lance do Galo ocorreu aos 25 , numa cabeçada de Eduardo Sasha que carimbou o travessão. Porém, quem abriu o marcador foi Eduardo Vargas, aos 37, de cabeça, num cruzamento clássico de Keno na ponta. O primeiro tempo superou as expectativas, com bastante movimentação de ambos os lados.

 

 

Muito volume, mas sem bola na rede

Os 45 minutos finais foram fiéis à primeira etapa. Muita movimentação dos dois lados, mas sem bolas na rede. Cuca promoveu as entradas de Savarino e Hyoran, que foram os principais destaques do segundo tempo ao lado de Eduardo Vargas, em finalizações e criação de jogadas. O Galo teve bastante volume de jogo, mas faltou com qualidade para aumentar a vantagem.

O Pouso Alegre, por sua vez, não teve aquela jogada que assustasse o goleiro Everson, muito devido à ineficiência do setor de criação.

Vale destacar uma chance com Savarino, aos 26 minutos, após lançamento de Réver, em que o venezuelano ficou de cara com o goleiro Cairo, que cresceu no lance. O arqueiro saiu de campo como um dos destaques do Dragão nos 90 minutos.

VAVEL Logo